Site de música   
Entrevistas

Entrevista com a Banda Matanza

Compartilhe:


Publicada em 02, Jul, 2007 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


No dia 08 de junho, o guitarrista Donida da banda Matanza, concedeu-nos gentilmente esta entrevista, no tradicional Clube Belfiore, localizado na região da Barra Funda, momentos antes da apresentação.

Musicão: Como surgui a idéia de formar a banda?
Donida: Eu o nosso band-leader, o Jimmy,somos da Zona Sul do Rio de Janeiro, ou seja, sempre estivemos no berço da bossa nova, assim é meio estranho que sempre tenhamos ouvido country rock, em especial Johnny Cash. Ele é nossa maior influência e, assim como ele, nos apaixonamos pelo ritmo, só que resolvemos trazê-lo para uma linguagem popular, brasileira, acelerando o andamento, deixando a sonoridade mais pesada, mais hard, o que denominamos de “hard country”.

Musicão: Como surgiu a revista em quadrinhos?
Donida: A comix surgiu de um desejo antigo, pois sou artista plástico, desenhista, fiz a faculdade de Belas Artes e sempre trabalhei para os outros, desenhando “caretices” para comerciais etc... E aí, a vontade de fazer algo próprio me motivou, e assim, junto com alguns outros amigos, lançamos a revista.

Musicão: Olhando a revista, vi vários traços diferentes, muitos cartunistas fizeram a arte, aliás, cada estória foi desenhada por um artista diferente. E quanto à pauta, o enredo, quem escreveu as estórias?
Donida: Então, pra não ficar uma coisa meio monopolizada, cada um que desenhou também escreveu o roteiro de sua estória, assim, a revista ficou mais diversificada, acho que isto contrubuiu para a uma qualidade editorial maior. É sempre bom ter várias visões sobre qualquer assunto.
Eu queria dar à revista o tratamento dispensado ao vídeo clipe, as músicas já têm um ritmo, conforme dito anteriormente, numa vertente renovada do country. O gibi então, tinha que ter também a nossa cara, a nossa marca registrada e, assim como nas nossas músicas, sempre fomos bem “storytellers” (contadores de histórias). Se você prestar atenção, tanto nas nossas músicas quanto nas estórias da revista usamos a mesma premissa, tem sempre uma moral ou até amoral da estória (risos).

Musicão: Fale um pouco sobre a história da banda.
Donida: Então... O Matanza já tem oito anos de estrada e quatro Cds lançados pela Deck Disc. Alías, temos muito a agradecer ao Rafael, dizemos que ele é o quinto integrante da banda... A gravadora nos dá total liberdade para fazermos o nosso som sem perder a nossa identidade, e investem pesado no nosso trabalho.

Musicão: Fale um pouco sobre o último álbum.
Donida: Bem, lançamos o “A Arte do Insulto” em outubro de 2006e estamos trabalhando bastante com ele. Fazemos shows no Brasil todo e, por mais inacreditável, em Fortaleza temos um grande público cativo, a cena rock lá, em especial a alternativa, é extremamente forte, fizemos grandes amigos lá...


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Entrevista com banda SOJA
CPM22 fala sobre sua carreira e nova turnê
Entrevista com Edu Falaschi
Dire Straits Legacy Realiza Coletiva em SP
Coletiva Manu Gavassi
Entrevista com Dropkick Murphys
Entrevista com a banda Gemini (Bee Gees Tribute)
Entrevista com o Air Supply
Coletiva de Imprensa com Jamie Cullum em São Paulo
Coletiva de Imprensa Richie Sambora e Orianthi

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2019 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.