Site de música   
Coberturas de shows

Hypocrisy no Carioca Club

Compartilhe:


Publicada em 23, Apr, 2014 por Fabiano Cruz

Clique aqui e veja as fotos deste show.


Hypocrisy_2014.jpg
Segunda feira de feriado, um pequeno caos urbano devido a volta de viagens de milhares de pessoas e a “grande” CPTM com seus comuns problemas na via ferroviária, foi palco de uma ode ao Death Metal. Hypocrisy voltou a terras paulistas promovendo seu mais recente trabalho End of Disclosure, dessa vez com suporte do Torture Squad lançando oficialmente Esquadrão da Tortura.

Sem atrasos e ainda com a casa um pouco vazia, marcado para 18:40, os PAS começaram a soltar um discurso político da época da ditadura militar, um dos mais tenebrosos períodos históricos que o Brasil viveu, Torture Squad entra em palco com No Scape From Hell, numa técnica que impressionou logo no primeiro som, que foi seguido de mais duas do novo trabalho: Pull the Trigger e Pátria Livre. O agora “Power trio” impressiona ao vivo, principalmente pelas técnicas individuais de cada um; a “cozinha” é devastadora, com Amilcar não ficando nada atrás de grandes bateristas do estilo e Castor cada vez mais técnico. Os sons do novo trabalho funcionaram muito bem ao vivo, mas foram em clássicos como Pandemonium, Unholy Spell e Chaos Corporation que a galera realmente agitou pra valer. O Torture Squad fez uma apresentação matadora, mostrando de vez nenhum abatimento devido a mudança de formação drástica que teve recentemente e um novo trabalho realmente forte e desafiante, principalmente pela complexa temática desenvolvida

Um pouco de demora pela troca de instrumentos e palco, a Intro, com a casa bem mais cheia, deixou os presentes extasiados, quando como um rolo compressor o Hypocrisy abriu a apresentação com End of Disclosure e Tales of Thy Spineless, duas do novo trabalho. Perfeito, o som cristalino – algo raro de acontecer em shows extremos e na casa Carioca Club – com a banda em uma noite inspiradora os primeiros clássicos da noite já formaram as primeiras tímidas rodas no público: Fractured Millenium e Killing Art. Depois de The Eye, mais uma nova do novo trabalho, o que presenciamos foi algo devastador em palco, sem muito falar (e mesmo assim com um carisma imenso), o comandante da nave Peter Tatgren mandou verdadeiras pérolas do Death Metal, com o ápice no meddley Pleasure Of Molestation/ Osculum Obcenum/ Penetralia; como manter o fôlego assim? Com a cadenciada Elastic Inverted Vision deu uma calmaria nos ânimos, mas a violência sonora e as rodas cada vez maiores voltaram com 44 Doule Zero e culminou na primeira parte da apresentação com The Final Chapter.

A banda impressiona em palco. Riffs e mais riffs jogados ao vento numa garra que pouco vi em outras bandas. O baterista Horgh, posicionado estrategicamente mais alto que a banda, é avassalador em linhas bem complexas em suas levadas no bumbo duplo; Tägtgren é um frontman de mão cheia, fala pouco ao público e mesmo assim o tem em mãos, tem uma absurda variação vocal que vai com simplicidade do mais gutural ao mais rasgado e perfeita performance, muitas vezes em temas mais obscuros fazendo caras de desespero ou de medo.

Sem demora nenhuma, o bis contou com três canções tocadas praticamente sem intervalo entre elas: Roswell 47, Adjusting the Sun e Eraser, terminando com as energias que sobravam de cada um dentro do Carioca Club. A banda ainda agradece aos presentes cumprimentando um por um encostado no palco – diferente de outras apresentações, essa não teve grade separando palco do público, e a banda foi muito bem respeitada sem ninguém subir em palco – mostrando acima de tudo humildade. Depois de uma apresentação matadora de ambas as bandas que deixou meu ouvido em um estado caótico, nem me importei em enfrentar novamente o caos na malha ferroviária urbana de São Paulo...


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Rodrigo Teaser - Tributo ao Rei do Pop: homenagem é marcada pela emoção da data
Zé Ramalho Comemora 40 anos de Carreira em São Paulo
Nx Zero grava novo DVD ´Registro Norte´ em São Paulo
The Stylistics Embalam o Valentine´s Day em São Paulo
21o Festival da Cultural Inglesa no Memorial da América Latina
Boyce Avenue no Cine Joia
Sandy faz show em São Paulo com sua turnê Meu Canto
Ratos de Porão e Krisiun no Tropical Butantã
Steve Vai, um dos Deuses da Guitarra, Retorna ao Brasil
O papa da dance music Giorgio Moroder em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.