Site de música   
Lançamentos

Vespas Mandarinas lança “O Ovo Enjaulado”

Compartilhe:


Publicada em 15, Jun, 2015 por Musicao


CD-Vespas-Mandarinas-O-Ovo-Enjaulado.jpg
Chega às lojas na próxima semana, o novo compacto em vinil do Vespas Mandarinas, “O Ovo Enjaulado” (Polysom), com duas faixas: “A Man Without Qualities” e “Estrada Escura”.

O Vespas Mandarinas, que tem se destacado no cenário pop rock brasileiro com uma poética bastante peculiar, aproveitou o que eles chamam de uma espécie de 'janela', enquanto não gravam o novo álbum, para experimentar novas formações e estilos dentro do amplo universo de referências do rock. O proto-punk e a psicodelia deram o tom nas gravações.

“A Man Without Qualities”, a faixa do lado A, é uma versão em inglês para “Um Homem Sem Qualidades” música já aclamada pela crítica especializada e apontada como a 20ª melhor música de 2013, segundo a lista de “Melhores do Ano” da revista Rolling Stone. De autoria de Thadeu Meneghini e Adalberto Rabelo Filho, este também responsável pela versão em inglês, a faixa conta com a participação especialíssima de Mark Arm, vocalista da banda norte-americana Mudhoney, no vocal. Mark foi um dos responsáveis pelo embrião do movimento grunge, que teve seu ápice nos anos 90 e reconhecimento internacional através de bandas como Nirvana e Pearl Jam. Trata-se do lado de referências proto-punk do compacto. Produzida por Chuck Hipolitho e Thadeu Meneghini no estúdio Costella, a faixa conta ainda com a participação de Lee Marcucci no contra-baixo.

“Estrada Escura”, faixa do lado B, é uma canção escrita por Taciana Barros (Gang 90/Solano Star) e Michel Kuaker (Yo Ho Delic). A faixa evoca uma espécie de elo perdido no rock paulistano/brasileiro. Algo como se Mutantes e Violeta de Outono entrassem num túnel do tempo e montassem um novo grupo em 2015, nos porões do Centro Cultural São Paulo(CCSP), transformando-se no que o poeta Roberto Piva definiria como 'um grupo com a noção perfeita da cloaca primitiva', que varresse da consciência 'nossos sonhos medíocres' e nos libertasse 'desta última hipnose chamada civilização'. Nos versos da canção, Thadeu derrama: “onde a loucura é amiga da lucidez”, trazendo à tona o desvio psicodélico/surrealista do compacto. Produzida por Thadeu Meneghini & Michel Kuaker no estúdio Wha Wha, a faixa traz a participação de Rodrigo Bourganos (Bombay Groovy) no sitar.

A capa escolhida para o compacto é um capítulo à parte. O desenho criado pelo artista Theo Castilho - punk de nascença e criador de uma das casas de punk rock mais emblemáticas de São Paulo, o já extinto Carbono 14 - representa de maneira quase exata a intersecção dos dois universos citados logo no início: o proto-punk e a psicodelia. A direção de arte é assinada por Taciana Barros.

No contexto atual, onde o rock nacional não tem censura mas também não se atreve, o compacto “O Ovo Enjaulado” se apresenta como um banho de lua, ou apenas como um remédio pra livrar-nos do tédio. O resto é história.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Worst lança Instinto Ruim
“Crucificados pelo sistema” do Ratos de Porão tem relançamento especial
Blind Pigs lança novo álbum Linha de Frente
CD Rygel - Revolution
CD Dr. Sin - Intactus
Novo do Helloween disponível no Brasil
Aline Muniz lança CD “OUTRA”
Vespas Mandarinas lança “O Ovo Enjaulado”
Polysom relança “Lavô Tá Novo”, do Raimundos
Faith No More lança oficialmente novo álbum 'Sol Invictus'

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.