Site de música   
Coberturas de shows

O Teatro Mágico no Citibank Hall SP

Compartilhe:


Publicada em 01, Aug, 2015 por Fabiano Cruz

Clique aqui e veja as fotos deste show.


O_Teatro_Magico_2015.jpg
A trupe de Fernando Anitelli “atacou” novamente a capital paulista com sons, cores e movimentos. A apresentação especial, que constou com veiculação ao vivo via net, passou por toda a carreira da banda em uma apresentação muito bem produzida. NO começo a casa estava aproximadamente pela metade de sua lotação, mas o Citibank Hall ficou cheio, com pessoas entrando inclusive já passado metade da apresentação – curioso fato, talvez uma maior divulgação tenha sido necessária, pois deu a impressão de que muitos tiveram conhecimento na mesma hora via a transmissão ao vivo pela net.

Um palco simples, porém os detalhes ficaram por conta das imagens e cores; um trabalho muito bem feito que destaca por meio da visão muito das emoções que a banda transmite em suas letras, que chegou a hipnotizar em vários momentos. As bailarinas também tem uma importância enorme na banda; movimentos teatrais e dançantes complementam a atuação dos instrumentistas, mostrando uma beleza ímpar. Claro, por ser uma “trupe” em palco, isso é a particularidade da banda, mas é inegável o crescimento que o teatro Mágico vem tendo a cada trabalho nesses quesitos, tudo muito bem pensado, ensaiado e produzido, dando chances até mesmo para o improviso em vários momentos.

O começo do show ficou com um som um pouco embolado, mal dando para ouvir detalhes dos arranjos, e aos poucos foi sendo ajustado, terminado com um som cristalino. Não poderia ser diferente, os detalhes nos arranjos são muitos, e perfeitos ao vivo; a mistura de sons folclóricos com novas sonoridades tem um “sabor” diferente – não é a toa que vem sendo considerados um dos principais nomes da nova onda da MPB. Fernando Anitelli é um ótimo frontman, em nenhum momento deixou o show cair e comanda com maestria seus companheiros, e ainda sua performance teve seus momentos de destaque entre as bailarinas. A banda coesa, em toda apresentação manteve um som muito bem equalizado nas dinâmicas; poucas vezes vi uma apresentação ao vivo onde o conjunto soou realmente uniforme, e não instrumentistas um mais alto que outro. Os destaques que saltaram aos ouvidos foram a interação entre a bateria de Rafael dos Santos e a percussão de Ricardo Braga, onde não se “atropelaram”, e os teclados de Guilherme Ribeiro com timbres muito bem colocados.

Os fãs cantaram, riram, choraram; mais pro fim da apresentação, já era quase única a interação fã/ banda. Ainda mais que teve grandes participações, como a cantora Tiê e A Banda Mais Bonita da Cidade. E as músicas... quase duas horas de apresentação não teria menos que músicas que aos poucos vem sendo destaque no seguimento mais tradicional de nossa canção, principalmente canções como Ana e o Mar, O Anjo Mais Velho, Quando a Fé Ruge e O Sol e a Peneira, talvez as que mais se destacaram. O saldo final foi uma apresentação multicultural que nos brinda com muita Arte e beleza, não somente sonora, mas também cênica e visual; após a apresentação fiquei me perguntando se não precisamos de mais artistas que atuem por esse segmento e, principalmente, com mais amor em palco...


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Luiza Possi canta Michael Jackson num tributo emocionante no Teatro Porto Seguro
Super Tour de Pet Shop Boys passa por São Paulo
Overload Music Fest 2017
The Vamps em São Paulo
5 Seconds of Summer em São Paulo
In Concert: Roberto Carlos em São Paulo
Information Society na Audio Club - Festa da Toco
Festa Rádio Metropolitana com Skank
Show Lindsey Stirling no CitiBank Hall
Nile em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.