Site de música   
Coberturas de shows

Anathema na Clash Club

Compartilhe:


Publicada em 12, Feb, 2015 por Fabiano Cruz


Anathema-2015.jpg
Sábado a casa Clash Club na Barra Funda foi palco de uma das mais emblemáticas bandas do Doom/ Prog, o Anathema. Os ingleses sempre foram muito prestigiados no Brasil, tendo uma grande legião de fãs; a apresentação que poderia ter sido perfeita teve problemas que causou certo desconforto por parte de fãs e banda. Primeiro pela casa, onde praticamente não suportou a quantidade de fãs, tornando dentro dela ruim ate mesmo de respirar e pessoas ficando em espaços com pouca visibilidade do palco. Com alguns problemas no áudio, a apresentação teve um considerável atraso, que inclusive afetou um pouco a performance da banda, que fizeram uma apresentação claramente irritados, errando em certos pontos das músicas e desabafando sobre a casa (outros problemas relacionados a fãs e conflitos com a produção também foram relatados, porém não foram problemas as quais pessoalmente presenciei)

Mesmo com todos esses fatores, o Anathema ainda assim conseguiu fazer um show excepcional. Mesmo que negando o passado e se concentrando no mais novo trabalho, Distant Satellites, e nos últimos trabalhos, em sonoridades mais progressivas do que o Doom extremo de outrora, a sonoridade da banda ao vivo é algo realmente surpreendente. Os sons melancólicos em tons menores foram muito bem casados com o palco com uma iluminação escura e avermelhada entrecortado por “cortinas” de faixas de luzes brancas e azuis, e assim começam com Anathema, faixa do novo trabalho. The Lost Song Part 1 e 2 e Untouchable PArt 1 e 2 seguiu com as belas melodias e o ambiente “escuro” que os sons proporciona. Com os problemas já relatados, o mais afetado em palco infelizmente era a principal voz e guitarra da banda, Vincent Cavanagh, onde sua voz em alguns momentos oscilou muito, orem não estragando a apresentação num todo, mesmo porque músicas do quilate de Ariel e Thin Air são de uma qualidade impressionante ao vivo.

Se teve algum integrante que se destacou, foi a bela vocalista Lee Douglas. Suas participações arrancaram lágrimas de muitos que estavam presentes (e foi a única que mostrou um pouco de paciência e concentração em palco!). Um pouco do peso que a banda já teve vieram com algumas músicas mais antigas, Deep e A Natural Disaster, aclamadas pelo público. Com um bis, onde senti a banda já totalmente desconfortável em palco, o começo de Wish You Where Here do Pink Floyd serviu de apoio para Fragile Dreams, fechando a apresentação.

Mesmo com problemas relatados, a apresentação ainda foi acima da média de muitos shows que estamos vendo; várias pessoas realmente se emocionaram em vários momentos, talvez o maior deles tenha sido com Universal, a qual eu mesmo, fã da banda que foi a primeira vez que os vi ao vivo, se emocionou de forma profunda. Não podemos negar que, independente dos problemas nos bastidores e das personalidades dos músicos, o Anathema sabe fazer uma apresentação bem forte; espero a próxima vez ver um show 100% deles, em uma casa que suporte o público da banda e que os ingleses estejam mais concentrados em palco.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Rodrigo Teaser - Tributo ao Rei do Pop: homenagem é marcada pela emoção da data
Zé Ramalho Comemora 40 anos de Carreira em São Paulo
Nx Zero grava novo DVD ´Registro Norte´ em São Paulo
The Stylistics Embalam o Valentine´s Day em São Paulo
21o Festival da Cultural Inglesa no Memorial da América Latina
Boyce Avenue no Cine Joia
Sandy faz show em São Paulo com sua turnê Meu Canto
Ratos de Porão e Krisiun no Tropical Butantã
Steve Vai, um dos Deuses da Guitarra, Retorna ao Brasil
O papa da dance music Giorgio Moroder em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.