Site de música   
Notícias

Bono nos tribunais por souvenirs do U2

Compartilhe:


Publicada em 18, Oct, 2006 por Musicao


bono_vox.jpg
O vocalista da banda irlandesa U2, Bono, se apresentou mais uma vez nesta terça-feira à justiça no processo que o grupo move contra uma antiga estilista pela propriedade de peças de roupa vestidas pelo cantor durante a lendária turnê do disco "The Joshua Tree" de 1987.

Lola Cashman, que trabalhou para o U2 como assessora de imagem e estilista entre 1987 e 1988, foi obrigada no ano passado por um tribunal de Dublin a devolver vários objetos, entre eles calças pretas e um chapéu "Stetson".

A mulher, que assegura que as peças eram um presente da banda, apresentou um recurso contra a resolução judicial.

Bono, cujo verdadeiro nome é Paul Hewson, assegurou hoje em um tribunal de Dublin que a idéia de usar o chapéu foi sua e que surgiu antes da chegada da estilista, contratada em 1987 através de uma agência para cobrir a licença-maternidade da assessora de imagem da banda.

"A estética do chapéu queria representar a iconografia americana. A idéia era que me apresentar para o mundo de uma maneira irônica", declarou o vocalista em referência a essa imagem, uma das mais famosas da história do rock.

Os objetos em disputa, entre os quais estão também brincos metálicos e uma manta verde, que estão avaliados em cerca de 5.000 euros, foram postos à venda, sem sucesso, pela assessora de imagem em um leilão da casa Christie's de Londres em 2002.

O cantor, vestido com um traje marrom e usando os inevitáveis óculos de cristal rosa, também lembrou que naquela época, o U2 começava a conseguir reconhecimento internacional e que o "forte" da banda não era exatamente "o bom gosto estético".

"Não me lembro exatamente de quando (Cashman) começou a trabalhar. Tinha muito bom olho e muito mais experiência do que qualquer um de nós", acrescentou Bono, que agradeceu à estilista por sua contribuição à turnê "The Joshua Tree".

"No entanto - continuou o artista - ficou claro quase desde o princípio que não lidava bem as com as relações pessoais e chegou a incomodar muita gente".

Como já havia feito no julgamento anterior, Bono insistiu hoje na importância que o grupo dá a qualquer objeto de U2, que são guardados carinhosamente por motivos sentimentais ou para que sejam doados a algum museu.

O cantor compareceu ao tribunal de Dublin representando a firma comercial U2, que é integrada, além de Bono, por Adam Clayton (baixo), David Evans "The Edge" (guitarra) e Laurence Amaciam (bateria).


Fonte: Globo.com

[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Megadeth cancela shows no Brasil
U2: The Joshua Tree Tour 2017 adiciona um terceiro e último show em São Paulo
U2 The Joshua Tree Tour 2017: nova data é adicionada em São Paulo
Chris Cornell morre aos 52 anos
Maximus Festival 2017: Linkin Park e Rise Against são as primeiras atrações confirmadas!
Divulgado o line up oficial do Lollapalooza Brasil 2016
Lollapalooza Brasil já tem datas confirmadas para 2016
NX Zero finaliza novo álbum e lança clipe de faixa inédita
Pearl Jam anuncia turnê na América Latina em novembro de 2015
Através de crowdfunding, Esteban Tavares prepara novo disco

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2019 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.