Site de música   
Coberturas de shows

O papa da dance music Giorgio Moroder em São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 05, Jun, 2017 por Marcia Janini


Giorgio-Moroder.jpg
Na noite do último sábado, 3 de junho, o Espaço das Américas abriu suas portas para um dos maiores revivals dos anos 70, 80 e 90, na celebração do show de Giorgio Moroder, o grande criador da disco music...

Iniciando a noite por volta das 21h30, o aclamado DJ Sílvio Ribeiro, um dos idealizadores do programa radiofônico Energia na Véia, voltado aos grandes sucessos da disco e dance music, realizou discotecagem com setlist que trouxe muitas das canções que embalaram várias gerações nas danceterias e discotecas de todo o mundo.

Em seguida, prosseguindo com a animada noite, a execelente banda Rod Hanna, com seu corpo de baile afinadíssimo na dança e nos backing vocals, em luxuosos figurinos de época, compostos por muito glitter, bocas de sino e black powers surgiram mantendo a atmosfera festiva e descontraída, com brilhantes covers de grandes clássicos da disco music.

Subindo ao palco por volta das 22h30 ao som de "I Will Survive" (Glória Gaynor) seguida por "Finally" (Ce Ce Penniston), com elaboradas coreografias, manteve o público dançando durante todo o espetáculo. Digno de menção o afinadíssimo trompete responsável pelos metais. Igualmente técnica, a bateria manteve o andamento com propriedade em cada canção executada. Importante também o excelente baixo soul em dub, no impecável contraponto.

Em retrospectiva, foram executados sucessos que iniciaram a disco dance nos primórdios dos anos 70, passando pelo seu declínio nos anos 80, e sua influência notável nos estilos musicais e décadas subsequentes, como o synthpop. Desta forma, este bloco da apresentação trouxe de Jackson Five a Bruno Mars, passando por Erasure e Madonna!

Em um de seus mais expressivos momentos do espetáculo, a guitarra com acentos flamencos reina absoluta na execução de "Don't Let Me Be Misunderstood" (Santa Esmeralda).

A banda realizou ainda bloco temático privilegiando a trilha sonora de filmes da época, como "Mamma Mia!", "Dirty Dancing" e "Os Embalos de Sábado à Noite".

Trouxe também a soul/ disco nacional das Frenéticas e Tim Maia.

Após a apresentação dos membros da banda, surge a grata surpresa do editor de vídeos e tecladista cantando com seu afinadíssimo vocal de tenor a tradicional tarantela italiana "Funiculi Funiculá", em homenagem a Giorgio Moroder, de nacionalidade italiana. Momento de descontração e sinergia ímpares.

Subindo ao palco por volta das 23h30, Giorgio Moroder inicia sua apresentação com o sucesso "Love to Love You Baby", imortalizado na voz de Donna Summer, seguido por "Tom's Dinner" (Suzanne Vega), e a canção composta para Kyle Minogue "Right Here, Right Now" já nos anos 2000.

Em retrospecto, o compositor realiza discotecagem de seus grandes sucessos, privilegiando todas as fases de sua prolífica carreira.

Numa dançante versão em remix, Moroder relembra com o público um de seus maiores sucessos, "Take My Breathe Away" da trilha sonora do filme Top Gun - Ases Indomáveis.

"Hot Stuff", um dos maiores sucessos em uma das principais vozes da disco music, a diva Donna Summer, surge em versão quase fidedigna à original, apenas com reforço de bass como base de apoio em sua mixagem.

Continuando com os grandes hits de sua safra "What a Felling" (Irene Cara), da trilha sonora de Flashdance, surge em versão remixada, em um dos mais dançantes momentos de sua passagem pelo palco do Espaço das Américas.

Mais canções imortalizadas por uma de suas intérpretes favoritas, a grande Donna Summer, dotada de um dos vocais mais emblemáticos da disco music, "On the Radio" e "No More Tears (Enough is Enough)" antecedem mais um sucesso das telonas para o filme A História Sem Fim, a canção "Never Ending Story", interpretada por Limahl...

Intercalando canções do início de sua carreira à criações recentes, Moroder revela porque é considerado o pai da dance music, mostrando sua influência e marca sempre renovada, perdurando até os dias atuais, numa apresentação linear, repleta de intensidade e energia.

"Bad Girls", "I Feel Love" e "Last Dance" também levadas à público na voz de Donna Summer marcam pontos importantes da apresentação de Giorgio Moroder.

Uma de suas composições mais importantes, marcando o início do synthpop 80's, "Together in Electric Dreams", sucesso na gravação do Human League na performance de seu frontman Phil Oakley, surge abrilhantando ainda mais a histórica noite.

Além destas canções, trilhas instrumentais eletrônicas como "Chase", "From Here to Eternity", "Racer" e "74 Is the New 24" constaram do playlist do show.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Super Tour de Pet Shop Boys passa por São Paulo
Overload Music Fest 2017
The Vamps em São Paulo
5 Seconds of Summer em São Paulo
In Concert: Roberto Carlos em São Paulo
Information Society na Audio Club - Festa da Toco
Festa Rádio Metropolitana com Skank
Show Lindsey Stirling no CitiBank Hall
Nile em São Paulo
Show do Postmodern Jukebox é recheado de homenagens ao Brasil

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.