Site de música   
Coberturas de shows

Encontro entre erudito e popular: Andrea Bocelli em São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 15, Oct, 2016 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


Andrea_Bocelli-2016.jpg
Na noite da última quarta-feira, feriado nacional do dia 12 de outubro, o tenor Andrea Bocelli realizou a primeira de duas apresentações (dias 12 e 13, respectivamente) no Allianz Parque em São Paulo para público de aproximadamente 40 mil pessoas em espetáculo de sua nova turnê mundial "Cinema World", onde interpreta grandes clássicos de premiadas películas da sétima arte, além de peças eruditas que o consagraram como um dos maiores intérpretes de nossos dias.

Subindo ao palco por volta das 22h15, iniciando a apresentação com a execução do Hino Nacional sob a regência do maestro Eugene Kohn, o jovem tenor australiano Davide Carbone emociona os presentes com a segura interpretação de um dos nossos maiores símbolos pátrios.

Entrando na sequência ao som de "O Trenzinho do Caipira", parte das "Bachianas" de Heitor Villa-Lobos, Bocelli inicia a apresentação com a beleza da "Recondita Armonia" da "Tosca" (Giacomo Puccini), em uma interpretação bem cuidada, revelando seu toque de excelência técnica.

Prosseguindo com a arrojada performance para "La Donna È Mobile" do "Rigoletto" de Verdi, o tenor passeia por vocalizes em extremas alternâncias de tonalidade com propriedade, firmeza e elegância ímpar.

A participação especial da soprano liggera Maria Aleida Rodriguez em "Doll Song" encanta os presentes com sua performance, que incluiu além do canto dulcíssimo as evoluções corporais da boneca.... Extremamente técnica e versátil, a intérprete em modulações de rara beleza demonstra um pouco de sua enorme extensão vocal, atingindo notas altíssimas. Lindo momento do show!

Em outro inspirado instante de sua performance individual, Bocelli interpreta de forma magistral a densa e romântica "Cielo e Mar", trecho da obra "La Gioconda" de Ponchielli, passando para as épicas "Si, Fui Soldato" e "Come un Bel Di´ Di Maggio" da ópera "Andrea Chenier" de Giordano com naturalidade, leveza e graça em evoluções perfeitas para sua grande voz.

O adágio de "Come un Bel Di´ Di Maggio" ascende suavemente no vocal poderoso de Bocelli, determinando com propriedade cada acento e variação dinâmica da melodia, permeada com graça entre a correspondência entre cordas e madeiras, com esparsos elementos da harpa, traduzindo aura de suavidade à densa composição.

A spalla Caroline Campbell na execução firme da fantasia da ópera "Carmem" de Georges Bizet, onde o violino reina absoluto fazendo as vezes do vocal soprano, traduz todo o dinamismo da melodia, em arpejos repletos de beleza e vivacidade.

Ainda no palco, demonstrando toda sua técnica e agilidade, a violinista emenda sua aparição com a execução de "Comare Lola... Viva il Vino" da "Cavalleria Rusticana" de Mascagni em andamento prestíssimo, com a participação do Coral Juvenil do Projeto Guri e a perfeita execução da Orquestra Jovem da Osesp. Bravo!

Para o "Love Duet", trecho de "L´Amico Fritz", outra reconhevida obra de Mascagni, a soprano Maria Aleida retorna ao palco, dividindo os vocais da canção com Andrea. Ao vocal masculino que explora tonalidades firmes e urgentes, a suavidade e leveza do feminino traduz à melodia frescor e jovialidade, em modulações que além da precisão técnica, denotaram todo o carisma e talento pessoal da grande intérprete.... Amazing!

"Brindisi: Libiamo, Libiamo", parte da "Traviata" de Verdi, contando ainda com a participação da soprano Maria Aleida Rodriguez e o Coral Jovem da Osesp no refrão, surge grandioso com suas variações dinâmicas pronunciadas, de grande efeito dramático. Perfeição e beleza estética!

Após um intervalo de cerca de 20 minutos, a orquestra entra com a abertura d"O Guarani" (Carlos Gomes), trazendo para o espetáculo a merecida homenagem a um dos maiores compositores brasileiros de todos os tempos.

Com a caixa e os pífanos sobressaindo nas conversões de movimentos, a melodia determina à apresentação seu delicioso toque festivo... A resposta dos metais às cordas em ascendência prenunciam de maneira firme o larghetto em pizzicato que se segue nas cordas, se encaminhando ao clímax com firmeza e agilidade. Magnífico!

Retornando ao palco na companhia da spalla Caroline Campbell, Bocelli já aos primeiros instantes de sua interpretação da "Ave Maria" de Franz Schubert já angaria os apaixonados aplausos da platéia em um emocionante momento do espetáculo. O violino extremamente bem executado alia-se ao Coral Jovem da Osesp em acompanhamento extremamente suave na alternância de movimentos, resultando em um instante de rara beleza. Lindo!

Em "Domine Deus" da Petit Messe de Giacomo Rossini, Bocelli explora nas terminações das frases alturas bem definidas, em modulações seguras e cheias de carga dramática, numa belíssima interpretação. Great!

Mais uma vez a violinista Campbell retorna ao palco trazendo a composição "América" excerto de West Side Story de Leonard Bernstein, traduzindo para a apresentação o acento popular do country sulista estadunidense em perfeita junção com a orquestra.

Prosseguindo com mais um trecho da obra de Bernstein, a romântica "Maria", relembrando o soul standard, traduz nos vocais potentes de Andrea um delicioso toque aveludado repleto de energia. Belíssimo!

Trecho de "O Fantasma da Ópera" de Andrew Lloyd-Weber, a delicada "The Music of the Night" determina um dos momentos mais belos do espetáculo com a presença do jovem casal de bailarinos do Balé da Cidade de São Paulo, em uma inspirada, leve e suave coreografia, onde à perfeição dos movimentos físicos aliou-se toda a vitalidade e emoção dos intérpretes.

Em inusitado momento do show, Interpretando "Over the Rainbow" de Arlen, a cantora Anitta realiza sua participação solo na apresentação.

Acompanhado da primeira violinista Caroline Campbell, Bocelli interpreta com maestria a canção com toques da moderna música italiana "Brucia la Terra", parte da soundtrack do filme "O Poderoso Chefão" composta por N. Rota.

Realizando com propriedade a parte visual desta peça, mais um casal de bailarinos, desta vez em misto de clássico e contemporâneo, realiza a perfeita ambientação para a bela composição.

Agora dividindo os vocais com Andrea na interpretação de "Be My Love" de S. Cahn, Anitta sobe novamente ao palco.

Próximo ao término da belíssima noite, Bocelli com seu charme e carisma realiza a releitura para o samba "Tristeza" do grande poeta Vinícius de Moraes em mais uma grata surpresa aos fãs. Fantástico!

Em mais uma aparição de Anitta, "Vivo por Ela" é interpretada na divisão de vocais, em um trio formado pelo tenor, a soprano Maria Aleida Rodriguez e a cantora carioca. Interessante...

Nos instantes finais da memorável noite, o tenor interpreta um dos maiores sucessos de sua carreira, que auxiliou na popularização da música erudita nos anos 90, o grande sucesso "Con Te Partiró", em impecável dueto com a soprano Rodriguez.

Encerrando o espetáculo, a execução primorosa de "Nessum Dorma" de Giacomo Puccini emociona os presentes e angaria muitos aplausos entusiasmados. Em evoluções vocais de grande complexidade técnica, o cantor passeia por grandes variações em altura. Os inspirados vocalizes da finalização com o apoio do Coral Jovem da Osesp apresentaram beleza radiante! A perfeição ditou a tônica desta execução! Grande finalização para uma apresentação perfeita!


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
The Vamps em São Paulo
5 Seconds of Summer em São Paulo
In Concert: Roberto Carlos em São Paulo
Information Society na Audio Club - Festa da Toco
Festa Rádio Metropolitana com Skank
Show Lindsey Stirling no CitiBank Hall
Nile em São Paulo
Show do Postmodern Jukebox é recheado de homenagens ao Brasil
Planet Hemp em São Paulo
Novos Olhares no Retrô do Metrô

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.