Site de música   
Notícias

Presidente da Apple faz declaração contra proteção anti-pirataria

Compartilhe:


Publicada em 08, Feb, 2007 por Musicao


Steve Jobs, presidente da Apple Computers, publicou no site oficial da empresa uma mensagem pedindo às grandes gravadoras para abandonarem o software DRM (Digital Rights Management), que teriam o pretexto de frear a pirataria de CDs.

Intitulado Thoughts On Music, o texto repassa rapidamente a história do DRM e as inúmeras falhas apresentadas, chegando à conclusão de que os grandes conglomerados fonográficos e os fãs seriam melhor servidos se o tal dispositivo anti-pirataria fosse abandonado.

"Porque as quatro maiores gravadoras do mundo deveriam deixar a Apple e outras empresas distribuirem sua música sem a proteção DRM?", questiona Jobs. "A resposta mais simples é: porque o DRM nunca funcionou e nem vai funcionar para reter a pirataria".

"Enquanto as grandes empresas fonográficas exigem que suas músicas avulsas sejam vendidas online com o dispositivo DRM de proteção, por outro lado temos bilhões de CDs sendo vendidos sem essa mesma proteção. É isso mesmo! O sistema DRM jamais foi desenvolvido para as músicas em CD, o que significa que as músicas em CD podem ser facilmente copiadas para a internet e ouvidas ilegalmente em qualquer computador".

"Em 2006", prossegue Jobs, "menos de 2 bilhões de músicas com DRM foram vendidas, enquanto mais de 20 bilhões de canções sem proteção foram vendidas em CDs desprotegidos pelas próprias gravadoras. A indústria fonográfica vende a maioria de suas músicas sem DRM e não parece querer mudar este comportamento. E por que? Porque a maioria de seus consumidores reincidentes precisam comprar CDs sem o DRM para tocarem em seus aparelhos, que não têm suporte ao dispositivo".

Jobs finaliza dizendo que apenas 3% das músicas de um iPod são compradas na loja virtual iTunes. A maioria das canções continua sendo copiada de CDs desprotegidos. "Se as grandes gravadoras desistirem do DRM, a Apple desiste da tecnologia FairPlay [que restringe o uso de arquivos baixados no iTunes apenas ao iPod] em um piscar de olhos".


Fonte: Terra

[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Credicard Hall passa a se chamar Unimed Hall
O show do Muse em São Paulo, dia 09 de outubro, irá mudar de local
Beirut cancelado no Popload Festival
Comunicado sobre os shows das bandas Stryper e Narnia
Samsung E-Festival Instrumental 2018 busca novos talentos da música
Citibank Hall volta a se chamar Credicard Hall
Lollapalooza Brasil 2018 anuncia horários dos palcos
Lollapalooza Brasil anuncia o lineup oficial da edição de 2018
Casa Natura Musical é inaugurada em São Paulo
Após jejum de 15 anos, Midnight Oil se apresenta em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2019 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.