Site de música   
Notícias

Após jejum de 15 anos, Midnight Oil se apresenta em São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 30, Apr, 2017 por Marcia Janini


Midnight-Oil-2017.jpg
Na noite de sábado, 29 de abril, o Espaço das Américas em São Paulo recebeu Peter Garrett e banda para mais um show da histórica turnê "The Great Circle" em retorno da banda às suas atividades, que haviam sido encerradas em 2002.

Subindo ao palco pontualmente às 22h30, a banda já inicia o show com "Blue Sky Mine", um de seus grandes sucessos, seguida pela igualmente aguardada "Truganini", em versão fidedigna à original...

Para "Too Much Sunshine", canção pautada na cadência do post-punk, é digna de menção a primorosa condução da bateria de Rob Hirst... Os riffs rascantes da guitarra rítmica traduzem grande energia nas conversões ao refrão, em correspondência com a linha melódica adorada pela guitarra melódica... Baixo em contraponto encerra o conjunto... Great!

Trazendo elementos da new wave e do rock 60's mesclados ao hard rock vigoroso, "Too Much Sunshine" apresenta importantes breaks estratégicos emoldurando as variações dinâmicas.

A balada urgente "Redneck Wonderland" traz em suas influências o gospel, marcando um momento introspectivo na apresentação. A melodia, em linhas constantes é emoldurada pela guitarra dedilhada de Martin Rotsey em melodiosos acordes. O coro dos integrantes em cânone dão um charme extra à densa melodia.

Explorando o punk rock de linhas gerais a enérgica "Under the Overpass", mais um grande hit da banda no ano de sua dissolução (2002), traduz atmosfera 80's determinada por seu andamento frenético e variações dinâmicas de acordes voltados ao futurismo eletrônico, muito em voga à época. Arrojada em seu refrão, a canção traz breaks estratégicos e brilhante condução da bateria de Hirst em agilidade e conversões nada óbvias. Mais um ponto alto da apresentação!

Densa, de andamento ralentado e atmosfera introspectiva, "King of the Mountain" traduz elementos do folk na condução da bateria e nos acordes profundos da guitarra, em uma composição de grande valor estético. O teclado de Jim Morginie nas finalizações permeia com suavidade a melodia.

Explorando os tambores na introdução, a melodia de "Short Memory" segue suavizada, em mais uma linda balada... Convite à reflexão, em meio aos delicados acordes da guitarra. O baixo em dub de Bones Hillmamm auxilia na ambientação densa da canção. O refrão em coro surge como um dos principais elementos desta bela composição.

Trazendo a sonoridade ska-punk na bateria constante e no baixo em dub, determinando cadência deliciosamente atual, a canção "Earth and Sun and Moon" traz ainda a criatividade e ousadia de um impressionante trabalho percussivo na finalização, além do delicioso acento do trompete de Moginie como diferencial. Impressionante!

Suave, a balada "Only the Strong" marca mais um momento intimista da apresentação, seguida pela vigorosa "Arctic World".

Mais um grande hit da carreira "Dream World" é precedida pela suave "My Country", um hino do rock com características pautadas no rock progressivo e na psicodelia 70's. Digna de menção a perfeita execução do teclado de Jim Moginie, angariando entusiasmados aplausos do público.

Trazendo a cadência do hard rock, com elementos da sonoridade rockabilly 60's, "Luritja Way" surge como mais um diferenciado momento da apresentação.

Aos acordes introdutórios do violão acústico, trazendo o delicioso acento do country "US Forces" demonstra um pouco do
enorme talento e criatividade da banda... Ousados, revisitam em afinadíssimo cânone os primórdios do rock, ascendendo para o peso do rock de linhas hard nos acordes rascantes das guitarras semi-acústicas nas conversões. Primoroso!

Trazendo ambientação intimista, os violões melódico e rítmico dão os primeiros acordes de um dos maiores sucessos da banda "The Dead Heart", em mais uma performance impecável, seguida pelos grandes hits "Beds are Burning", "Read About It" e "Forgotten Years", encerrando a apresentação com a mais expressiva sequência musical da noite.

Além destes sucessos, outros hits constaram do set list da apresentação, como "Power and the Passion", "Antarctica", "Warakurna" e "When the Generals Talk".

Para o momento do bis, foram reservadas "Put Down That Weapon", "Now or Never Land" e "Sometimes".

Assim transcorreu a memorável apresentação da banda, privilegiando todas as fases da carreira e contemplando suas mais conhecidas canções para deleite dos fãs, que aguardaram por tantos anos seu retorno aos palcos brasileiros. Que sua próxima vinda ocorra em breve... Aguardemos!


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Casa Natura Musical é inaugurada em São Paulo
Após jejum de 15 anos, Midnight Oil se apresenta em São Paulo
Lollapalooza Brasil 2017 anuncia horários das atrações
Bon Jovi e Billy Idol confirmados no Rock in Rio!
Lollapalooza Brasil anuncia seu lineup final
3ª Mostra de filmes de hip hop
Entradas para o Lollapalooza Brasil 2017 começam a ser vendidas
ADIADO - Show A Flock of Seagulls em São Paulo
Prêmio MIMO Instrumental abre edital de seleção para artistas da nova geração
Horários do Lollapalooza Brasil 2016

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.