Site de música   
Notícias

TIM Festival anuncia primeiras atrações para 2008

Compartilhe:


Publicada em 24, Jun, 2008 por Musicao


tim-festival-06.jpg
A lenda do sax tenor Sonny Rollins, a cantora de jazz Stacey Kent e as bandas indie Klaxons e The Gossip, da vocalista Beth Ditto, são as primeiras atrações internacionais confirmadas pela Dueto Produções para o TIM Festival 2008.

O maior festival de música do país mantém o calendário e, mais uma vez, acontece na segunda quinzena de outubro em três cidades. Rio de Janeiro e Vitória recebem a sexta edição do evento nos mesmos locais do ano passado, a Marina da Glória e o Teatro UFES, respectivamente. Para São Paulo estão reservadas algumas mudanças, cujos detalhes serão anunciados em breve.

Antenado com quem já fez história na música, mas igualmente preocupado em antecipar as tendências do mundo globalizado, o TIM Festival já apresentou ao público brasileiro, desde a sua primeira edição, em 2003, um total de 185 atrações – 57 nacionais e 128 estrangeiras. Foram bandas consagradas, mitos do jazz e do rock, além de representantes do pop, da world music e da música eletrônica, vindos de mais de 20 países diferentes. Da islandesa Björk ao russo Eldar, do norueguês Lindstrøm ao inglês Elvis Costello, do americano Brian Wilson aos belgas do 2ManyDJs. Um festival de música sem fronteiras.

Das atrações anunciadas para a edição 2008 do TIM Festival, o americano Sonny Rollins é o que se poderia chamar de mito vivo. Último remanescente da época de ouro do jazz, antes mesmo de atingir os 20 anos de idade ele já havia gravado ou tocado com os maiores nomes do gênero: Thelonious Monk, Miles Davis, J.J. Johnson e Bud Powell. Logo viria a se tornar um deles.

Nascido em 1930, em meados da década de 50 Theodore Walter Rollins já era comparado ao ídolo e amigo Charlie Parker, conforme registrou Davis em sua autobiografia: “Sonny era uma lenda, quase um deus para um monte de jovens músicos. Alguns achavam que ele tocava sax no mesmo nível que Bird. Eu digo uma coisa: ele estava próximo disso. Ele era um músico agressivo e inovador, cheio de idéias novas”. E continua a sê-lo, aos 77 anos de idade e mais de seis décadas de carreira como músico e compositor.

Em 2004, Rollins recebeu o Lifetime Achievement Award da National Academy of Recording Arts and Sciences. Dois anos depois, foi entronizado na Academy of Achievement, em cerimônia conduzida por Steven Spielberg e George Lucas, diante da presença de diversos chefes de Estado e de vários artistas renomados. Reconhecimentos merecidos porém tardios a um músico que, desde muito cedo, inscreveu seu nome na história do jazz através de composições revolucionárias, performances surpreendentes e incontáveis gravações históricas.

Em 1956 - um ano depois de ingressar no quinteto de seu baterista preferido, Max Roach -, Rollins lançou um de seus álbuns mais aclamados, Saxophone Colossus. A faixa St Thomas, com acento caribenho, transformou-se em standard jazzístico. Original, inovou tanto na maneira de tocar e compor como na formação de sua banda: foi o primeiro a abrir mão do piano e gravar um disco – Way Out West, de 1957 – com um trio composto por sax, baixo e bateria, dando origem à sonoridade conhecida como strolling. Igualmente famosos foram seus solos sem acompanhamento, cujo primeiro registro foi o disco It could happen to you, do mesmo ano.

Dono de uma agenda disputada, Sonny Rollins se apresentou uma única vez no Brasil, em 1985, como uma das atrações da edição de estréia do extinto Free Jazz Festival. Ele deverá fazer três shows no TIM Festival - dois em São Paulo e um no Rio.

De outra geração do jazz, vem ao evento a também nova-iorquina Stacey Kent. Aos 40 anos de idade e pouco mais de uma década de carreira, a cantora é uma das revelações do gênero, reconhecida por prêmios como o British Jazz Award (2001) e o BBC Jazz Award (2002). São para ela também os elogios rasgados de fãs ilustres como o compositor Jay Livingston, vencedor de três Oscars: “Stacey Kent é uma revelação. Não há ninguém cantando hoje que se possa comparar com ela. Ela tem o estilo das grandes, como Billie Holiday e Ella Fitzgerald. E ela canta as palavras como Nat Cole – limpo, claro e quase como em uma conversa, com o fraseado perfeito.”

Recentemente contratada pelo respeitado selo Blue Note, Stacey lançou em 2007 seu sétimo cd, Breakfast on the morning tram’, em que flerta com a bossa nova na versão em francês de Samba da Benção (Baden Powell e Vinicius de Moraes) e na composição de Serge Gainsbourg, Ces petits riens. Outras quatro são assinadas pelo aclamado escritor nipo-britânico Kazuo Ishiguro, autor de Os vestígios do dia. O álbum permanece no topo da parada francesa desde o lançamento em setembro passado.

Sua carreira começou quase que por acaso. Ao viajar para a Europa para estudar francês, alemão e italiano para seu mestrado em literatura comparada, conheceu seu atual marido e principal parceiro, o sax tenor Jim Tomlinson, em Oxford, onde também estudava. Além de render um casamento, o encontro despertou em ambos o desejo de colocar a música em primeiro plano em suas vidas. Em 1997, a cantora lançou seu primeiro disco, Close your eyes, que foi bem recebido pela crítica e pelo público e deu início a uma carreira em constante ascensão.

Formada há apenas três anos, a banda britânica Klaxons é uma das grandes sensações da cena alternativa. Depois de lançar os singles Magick e Golden Skanks em 2005, o grupo assinou contrato com a Polydor e lançou o primeiro álbum em 2007, Myths of the near future, vencedor do Mercury Prize. O sucesso foi ampliado após a primeira turnê, a Indie Rave Tour, patrocinada pela revista NME. A formação atual reúne Jamie Reynolds, James Righton, Simon Taylor-Davis e Steffan Halperin. Colaborações recentes incluem parcerias com o cultuado grupo eletrônico The Chemical Brothers.

Liderada pela polêmica vocalista Beth Ditto, The Gossip é outro representante do rock alternativo. Originário de Arkansas, o trio norte-americano vem causando sensação por onde passa com seu punk-rock e pelas questões levantadas contra a ditadura da imagem, o governo Bush e a favor do casamento homossexual. Surgida em 1999, conta ainda com Brace Paine (guitarra e baixo) e Hannah Blilie (bateria). Seus três discos – That’s now what I heard (2001), Movement (2003) e Standing in the way of control (2006) – formaram uma legião de fãs que acompanham a banda em shows e festivais pelo mundo.

O TIM Festival
Um dos maiores eventos do gênero na América Latina, o festival é uma realização da Dueto Produções e faz parte do Projeto TIM Música, que patrocina shows e eventos em diversas cidades do país e também contempla iniciativas como o Prêmio TIM de Música, cuja finalidade é prestigiar talentos consagrados e descobrir novas estrelas da música brasileira; o projeto social TIM Música nas Escolas, que já levou aulas de iniciação musical e oficinas para mais de 20 mil crianças da rede pública de ensino em 13 cidades do Brasil; e o Auditório Ibirapuera, projeto original de Oscar Niemeyer construído pela TIM (que fornece recursos para a sua gestão) e doado à cidade de São Paulo.

A TIM é uma empresa que acredita que a música ultrapassa fronteiras e favorece a comunicação entre as pessoas. Por isso, elegeu estes projetos para concretizar o seu conceito de viver sem fronteiras.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Lollapalooza Brasil 2020 divulga line-up por dia
Credicard Hall passa a se chamar Unimed Hall
O show do Muse em São Paulo, dia 09 de outubro, irá mudar de local
Beirut cancelado no Popload Festival
Comunicado sobre os shows das bandas Stryper e Narnia
Samsung E-Festival Instrumental 2018 busca novos talentos da música
Citibank Hall volta a se chamar Credicard Hall
Lollapalooza Brasil 2018 anuncia horários dos palcos
Lollapalooza Brasil anuncia o lineup oficial da edição de 2018
Casa Natura Musical é inaugurada em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2021 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.