Site de música   
Entrevistas

Entrevista com a banda Gemini (Bee Gees Tribute)

Compartilhe:


Publicada em 12, Nov, 2016 por Marcia Janini


Gemini-Bee-Gees-cover.jpg
No dia 9 de novembro, com exclusividade, a banda argentina Gemini (tributo aos Bee Gees) concedeu-nos entrevista via e-mail, onde nos contou um pouco sobre a formação da banda, panorama musical e, em suma, a sensação única de ser como um Bee Gee. Confira os principais trechos da entrevista.

Musicão: Qual foi o primeiro contato de vocês com a música dos Bee Gees?
Gemini: No meu caso foi com a chegada deles na Argentina em 1998. Meu pai sugeriu que gravasse o show deles que estava sendo transmitido pela tv. Graças a isso, fiquei apaixonado pelos música dos irmãos Gibb. Logicamente, meu primeiro namoro foi com as canções da trilha sonora de Embalos de Sábado à Noite e depois fui conhecendo sua carreira completa, por exemplo, hoje minha época preferida são os anos 60.

M: Como surgiu a ideia de se tornarem uma banda cover de seus ídolos? Como ocorreu esse processo de criação?
G: Eu era fã dos Bee Gees e procurei uma banda tributo para conseguir escutar suas músicas ao vivo. Na Argentina sempre houve bandas tributo a Queen, Beatles, Elvis, etc. mas não existia nenhuma aos Bee Gees, então decidi formar a minha... Foi uma ideia maluca, mas deu certo!

M: O grupo formou-se em 1999 e, desde então, vêm sendo reconhecido mundialmente como um dos mais fidedignos covers da banda... Como é fazer sucesso mundialmente e receber o carinho de fãs dos Bee Gees como vocês? Como vocês se sentem sendo adorados, lotando estádios e vendendo CDs e DVDs? Em suma, para vocês: o que é SER os Bee Gees?
G: É uma sensação incrível! Nós amamos o que fazemos e sentir que o público dos Bee Gees gosta do nosso trabalho nos deixa extremamente felizes, sentimos que nossa tarefa está sendo bem executada. Nosso sucesso consiste em que nós e o público brinquemos de estar num show dos Bee Gees, é um momento mágico e único.

M: O panorama da música mundial modificou-se profundamente nos últimos anos... Muitos novos artistas para variados ritmos e estilos. Como vocês percebem o retorno ao romantismo na música pop atual? Como manter-se atemporal, especialmente nos países latinos, onde a cada dia a música torna-se mais descartável, com canções que são rapidamente esquecidas devido à avidez do público por novidades?
G: O romantismo está sempre presente na natureza humana... Simplesmente os clássicos nunca morrem, e os Bee Gees são, sem dúvida, um clássico da música romântica.

M: Além dos Bee Gees, que outros intérpretes vocês costumam ouvir?
G: Amamos Queen, Beatles, Elvis, Roy Orbison, Earth Wind and Fire, Cool and the Gang, Stevie Wonder, Elton John, Simply Red, e muitos mais.

M: Como está sendo sua estadia no Brasil?
G: Sempre é maravilhoso voltar ao Brasil... Amamos este país! É maravilhoso e tem muitos fans de Bee Gees, realmente um público exigente, que sabe reconhecer nosso trabalho.

M: Quais são os futuros passos da banda?
G: Continuar em tributo a nossos ídolos levando nosso show para mais países, dando oportunidade às novas gerações de escutar as músicas dos Bee Gees ao vivo.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Entrevista com banda SOJA
CPM22 fala sobre sua carreira e nova turnê
Entrevista com Edu Falaschi
Dire Straits Legacy Realiza Coletiva em SP
Coletiva Manu Gavassi
Entrevista com Dropkick Murphys
Entrevista com a banda Gemini (Bee Gees Tribute)
Entrevista com o Air Supply
Coletiva de Imprensa com Jamie Cullum em São Paulo
Coletiva de Imprensa Richie Sambora e Orianthi

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.