Site de música   
Coberturas de shows

Global Stadium Tour: Red Hot Chilli Peppers em São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 11, Nov, 2023 por Marcia Janini


Red_Hot_Chili_Peppers_2023.jpg
Na noite da última sexta-feira, 10 de novembro, o Estádio do Morumbi em São Paulo recebeu mais um show da turnê Global Stadium do Red Hot Chilli Peppers.

A abertura dos trabalhos da noite ficou por conta dos californianos do Irontom, trazendo seu funk rock repleto de groove e boas vibrações a partir das 19h45.

"Common Chaos", uma descontraída canção pop emoldurando a força do marcante refrão traz o acento firme da bateria em andamento ágil.

"Down for Whatever" mostra na guitarra de acordes encadeados de Zach Irons grande vitalidade e energia... Grooveiro baixo em doom surge no contraponto à bateria, em meio aos eletrônicos e dançantes samplers.

Para "Ice Cream", uma moderna balada, a bateria cadenciada explora sonoridade linear, apoiando a letra. Vocalizes no refrão traduzem aura despojada. Explorando criativa linha melódica, o baixo de Dane Sandborg surge auxiliando a manutenção do andamento ralentado. Cool!

"Big Shot" traz a deliciosa cadência do reggae na introdução e no andamento brejeiro. Jovial, o firme vocal de Harry Hayes mostra um dos bons momentos da performance do simpático intérprete.

A inspirada releitura de "Feel Good Inc." (Gorillaz), surge como grata surpresa na apresentação.

Subindo ao palco por volta das 21h00, o Red Hot Chilli Peppers inicia sua apresentação com inspirada jam session, onde o baixo contundente em doom determina o grooveiro andamento, aliado à trêmulos da guitarra de afinação alta. A bateria de suave acompanhamento, ascende para um cadenciado ágil e preciso, em instante que demonstra a perícia instrumental da banda. Impactante!

O hit "Can't Stop" surge com sua deliciosa aura grooveira determinada pelo bem pontuado baixo de Flea, apoiando o fraseado vocal repleto de malemolência de Anthony Kiedis.

Para "The Zephyr Song", uma canção despojada, explorando a suavidade do andamento com o acento da roqueira guitarra e a bateria em conversões precisas, surge suavizado momento do show.

Após a execução do hit "Snow (Hey Oh!)", surge a dançante vinheta de finalização, que traz em seu bojo elementos da soul/disco, em dedilhados ágeis e cheios de cromatismos da guitarra de John Frusciante, em um duo inspiradíssimo com a bateria, afretando na finalização.

Firme, a condução da bateria de Chad Smith em cadenciado ágil remete à crua sonoridade tribal, permeando com jovialidade a melodia de "Here Ever After", uma canção de instrumental simples e fraseado vocal ralentado, explorando a suavidade do andamento. Em mais uma inspirada vinheta na finalização, o groove esperto e bem sacado determinado por baixo e percussão remetem à sonoridade dos anos 70, ousada e criativa. Great!

A inspirada releitura de "Havana Affair" (Ramones) traz a malemolência do reggae na fusão com o heavy da guitarra rascante, em mais um momento descontraído do show, encerrado pelo belíssimo solo de bateria de Chad em alucinante cadência.

O sucesso "Eddie" apresenta esparsos elementos doo wop que remontam ao rockabilly, representado com propriedade pelos acordes da guitarra alta em afinação padrão... Suavizada, a melodia segue emoldurada pela bateria precisa, tendo o baixo de Flea no contraponto. Na finalização, show de técnica e versatilidade da ensandecida guitarra, explodindo em semicolcheias de dedilhados intensos e ágeis!!!! Amazing!!!!

Em mais uma vinheta introdutória de grande efeito estético, explorando novas e criativas formas de condução instrumental, surge o grande hit "Parallel Universe" seguido pelo sucesso "Soul To Squeeze", trazendo o ensolarado acento urban da guitarra em arranjos simples e andamento ralentado bem pontuado pela bateria.

Para "Right on Time" surge na introdução "London Calling" (The Clash) como música incidental, explorando a fusão entre o hardcore e a disco music.

Na sequência, percebemos no instrumental os elementos do punk rock de primeira geração na linha melódica adotada pelo baixo em "Tippa My Tongue" e o acento rasgado da guitarra, complementado pela bateria em andamento constante. Na finalização, solo do baixo de Flea faz deste mais um grande momento da apresentação!

Na inspirada releitura para o clássico "Terrapin" (Syd Barrett) surge mais uma gostosa surpresa para os fãs, trazendo o delicioso acento street com a propriedade e simplicidade característica da ousada criatividade da banda. The best!

"Don't Forget Me" traz andamento ralentado da bateria em grave cadenciado e guitarras rascante, ascendendo para intensa variação dinâmica e recursos diferenciados nas pedaleiras de efeito, explorando tons intensos... No vocal, o timbre firme de Kiedis surge suave, em uma interpretação correta e sem grandes projeções, traduzindo leve aura intimista à canção.

"Black Summer" traz elementos de country rock na linha explorada pelo baixo. No refrão, a sonoridade marcante da soul music com fortes acentos nas sonoridades street determina mais um gostoso e descontraído momento da apresentação. Amazing!

Grandes sucessos como "Californication" e "By the Way" constaram do setlist, encerrando a brilhante apresentação com "Under the Bridge" e "Give It Away", canções que levaram a banda ao estrelato nos anos 90.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Noite de clássicos atemporais celebra os 40 anos da carreira de Ritchie em São Paulo
ID. Entity: Riverside em São Paulo
Banquete de Signos: Zé Ramalho traz o Cancioneiro Regional à São Paulo
Men at Work relembra clássicos 80´s em São Paulo
Who I Am Tour: Nick Carter em São Paulo
Titãs Reencontra seus Fãs em São Paulo Pra Dizer Adeus
Entre dois mundos: Uriah Heep em São Paulo
Dreamworld: Pet Shop Boys em São Paulo
You Can't Kill My Rock 'n Roll: Hardcore Superstar em São Paulo
Night and Day: Diana Krall em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2024 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.