Site de música   
Coberturas de shows

Nós do Rock Rural + Encontro Marcado em São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 30, Jun, 2019 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


Encontro_Marcado.jpg
Na noite da última sexta-feira (28 de junho) o Allianz Parque em São Paulo recebeu os shows de dois projetos musicais formados por grandes nomes da MPB: "Nós do Rock Rural" formado por Ricardo Vignini (Matuto Moderno), Tuia (ex-Dotô Jeka), Guarabyra e Zé Geraldo e "Encontro Marcado" (14 Bis, Sá & Guarabyra e Flávio Venturini).

Subindo ao palco por volta das 20h30, "Nós do Rock Rural" executam a clássica "Casa no Campo" (Tavito/ Zé Rodrix) com o brilhantismo do vocal de Tuia em inspirada interpretação, acompanhado pelos violões em acordes solapados.

"Bar de Beira" (Tuia), uma canção de letra delicada, que permite à Tuia explorar todo o lirismo e velada sensualidade de seu cristalino timbre vocal, surge trazendo a aura de frescor da nova geração do rock rural, trazendo elementos inspirados na fusão entre o moderno sertanejo e as clássicas modas de viola.

A instrumental ? (Ricardo Vignini) uma moda de viola de andamento ligeiro em vigorosos dedilhados na cíclica estrutura melódica explora a simplicidade dos acordes, em um momento de grande beleza estética. Great!

Subindo ao palco para a belíssima execução de "Embora" Guarabyra junta-se à nova geração. Nota para os belíssimos arranjos em ponteio das violas, traduzindo aura pantaneira à apresentação. Os backing vocals mantém em alta a aura intimista desta porção da apresentação.

Juntando-se aos demais membros da formação, trazendo sua viola impregnada da característica aura urbana que o caracteriza como um dos maiores expoentes do gênero, Zé Geraldo traz a interpretação da clássica "Galho Seco". Acordes rascantes das violas alternam entre vigorosos dedilhados e dinâmicos rascantes, em uma canção introspectiva, de rara beleza.

Continuando com os grandes clássicos do cancioneiro nacional, Zé Geraldo brilha na execução de "Cidadão", seguida pela belíssima "Casaco Marrom" interpretada com firmeza por Guarabyra, trazendo esparsos elementos de bossa nova à composição, em sua suave introdução e nas conversões ao refrão. Lindos momentos do show!

Trazendo a deliciosa aura western soft na introdução "Flor" (Tuia/ Guarabyra) traduz aura de modernidade nos criativos e belos arranjos dos violões em intermitente diálogo, emoldurando com elegância a delicada e romântica letra. Em crescendo nas conversões, traduz esparsos elementos soul, em uma melodia atual e fluida.

Para a icônica "Roque Santeiro" (tema da novela televisiva de Dias Gomes na década de 1980) surge um dos momentos de maior sinergia e identificação palco/ platéia, em um momento de velada descontração na apresentação.

Para a canção de protesto "Como Diria Dylan", com sua letra repleta de palavras de ordem, revelando-se em sua atemporalidade, surge ainda a belíssima harmônica (gaita) executada com grande desenvoltura por Zé Geraldo, alternando entre seu potente vocal e a suavidade do instrumento. Mais um bom momento do show!

Encerrando sua apresentação "O Nós do Rock Rural" executa com a precisa condução de Zé Geraldo mais um grande clássico do nosso cancioneiro popular, a urgente e bela "Senhorita".

Subindo ao palco por volta das 21h45, o "Encontro Marcado", inicia sua apresentação ao som de "Canção da América" (Nascimento/ Brant) interpretada com grande vigor por Flávio Venturini, num perfeito contraste entre sua potência vocal e o andamento ralentado da melodia, trazendo o teclado em doces acordes que permeia com graça a canção.

Para a clássica "Criaturas da Noite" (14 Bis) intensas variações dinâmicas bem pontuadas pela precisa condução da bateria de Eli Rodrigues emolduram com vitalidade o vocal delicado de Venturini, em um momento de rara beleza no show.

A blueseira "Primeira Canção da Estrada" (Sá e Guarabyra) surge traduzindo dinâmica e descontração por meio dos breaks estratégicos que apoiam a força do refrão seguida por "Sonhando o Futuro" (14 Bis/ Boca Livre) que traz a dinâmica guitarra distorcida de Cláudio Venturini explodindo em preciosos acordes dedilhados. Para o perfeito contraponto à bateria, o baixo em dub de Sérgio Magrão surge como grande diferencial. Amazing!

Para a linear "Me Faça um Favor" (Sá e Guarabyra), surge outro raro momento na apresentação. Staccatos apoiam o forte refrão, emoldurados por vocalizes intensos nas finalizações. Precisa nas conversões, a bateria de Eli Rodrigues auxilia na criação da aura descontraída da melodia, que contrasta fortemente com a temática, em linda e ousada licença poética.

Para "Pássaro" (Sá e Guarabyra) toda a suavidade e beleza da banda em inspirados backing vocals, em um delicioso momento de reminiscências na apresentação, antecedendo a clássica "Uma Velha Canção Rock N´ Roll" (14 Bis), um dos pontos altos do show.

Na descontraída cadência do country, em seu frenético andamento "Mesmo de Brincadeira" (14 Bis) surge como mais um momento dinâmico na apresentação. Breaks estratégicos reforçam a ponte entre estrofe e refrão, em meio à bateria cadenciada de andamento rápido, em interessante diálogo com a guitarra de acordes precisos.

Suave e delicada "Nascente" (Flávio Venturini) surge em toda a sua etérea beleza permeada pelos acordes em notas suspensas do teclado seguida por "Noites com Sol" (Flávio Venturini), em um dos instantes mais belos do show.

Em mais um momento dinâmico "Natural" (14 Bis) traz o apelo pop da década de 1980 nos deliciosos arranjos do teclado, em dedilhados ágeis e glissandos, aliados à guitarra distorcida de afinação alta e à bateria cadenciada de andamento constante. Great!

As delicadas "Céu de Santo Amaro" (parceria de Venturini com Caetano Veloso) e "Todo Azul do Mar" (parceria de Venturini com Toninho Horta) surgem, trazendo o magistral teclado de Venturini em uma de suas mais inspiradas performances durante o espetáculo.

Caminhando para os instantes finais da apresentação a descontraída e crítica "Jesus Numa Moto" (Sá e Guarabyra) e "Mais Uma Vez" (parceria de Venturini com Renato Russo) se afiguram como os mais roqueiros e dinâmicos momentos do espetáculo.

Além dessas canções constaram do setlist obras como "Caçador de Mim" (Sá e Guarabyra), "Espanhola" (Guarabyra/ Venturini) e "Planeta Sonho" (14 Bis).


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Orquestra Petrobras Sinfônica Toca Black Álbum do Metallica em São Paulo
Rodrigo Teaser - Tributo à Michael Jackson
Nós do Rock Rural + Encontro Marcado em São Paulo
Ok, Ok, Ok: Gilberto Gil em São Paulo
Atitude 67 e Vitor Kley
The Neighbourhood em São Paulo
Leather + Raven na The House
Capital Inicial: Turnê Sonora em São Paulo
'O Que Importa É a Gente Ser Feliz': Fábio Jr. em São Paulo
Turnê 'Novas do Roupa', Roupa Nova no Espaço das Américas

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2019 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.