Site de música   
Coberturas de shows

Renato e Seus Blue Caps no Teatro Bradesco

Compartilhe:


Publicada em 24, Mar, 2017 por Fabiano Cruz


Ver ao vivo Renato e Seus Blue Caps é uma aula de história. A banda formada no Rio de Janeiro é uma das pioneiras em nosso Rock’ n’ Roll, sempre na ativa desde a década de 60, passando por várias mudanças de formações e da indústria fonográfica brasileira e se mantendo sempre atual. Renato e o vocalista Cid, remanescentes na formação desde 1965, conseguem manter a banda com uma sonoridade moderna sem deixar de lado canções da Jovem Guarda que embalaram bailes e mais bailes de uma época.

Em um Teatro Bradesco não muito lotado e com um público bem adulto – muitos na casa eram da época de ouro da Jovem Guarda – Renato e banda, após uma vinheta de abertura bem característica dos bailes citados, começam a apresentação com A Primeira Lágrima, e logo em seguida sem quase pausa emendam dois pout pourri, o primeiro com canções do porte de Como Num Sonho e Não Te Esquecerei e o segundo com Meu Primeiro Amor/ Até o Fim/ Você Não Soube Me Amar/ Dona do Meu Coração. Ufa! Só então Renato conversa com o público, falando da nova temporada e da banda, tudo com um bom humor impecável.... Aliás, bom humor enquanto não prestava atenção ao som; no começo foi um tanto embolado as vozes e o teclado mal se ouvia, problemas que, mesmo não atrapalhando o show como um todo, foram melhorando na sequência com Eu Não Aceito o Teu Adeus e Sou Apenas Alguém, mas irritando Renato que chegou a certo momento reclamar da técnica de som ao microfone...

Hotel Califórnia foi uma canção que mostrou o pensamento de Renato como arranjador – afinal, a banda tem inúmeras versões de canções do Rock’ n’ Roll, que tomaria um espaço enorme aqui se fosse listar uma a uma -, dizendo que essa é uma das que mais gostava de ter criado, o que te fato foi uma das mais belas versões que escutei dessa canção. A banda soa muito atual, o som pesado e grave não fica atrás de bandas mais novas – impressionante como a “cozinha” tem uma consistência sonora perfeita! E importante ainda notar como Cid é fundamental para a banda; momento vocalista principal, momento base, sua dinâmica nos arranjos vocais com o Renato é uma das assinaturas da banda! Mesmo canções como Não Volto Mais e Cláudia passa dessa percebido que um dia teve aquela sonoridade de bailes dos anos 60/ 70. O público a todo momento cantou e se mexeu, inclusive pessoas ilustres como Luiz Carlini – outro guitarrista que fez a história de nosso Rock.

Após Garota Malvada – cujo teve um solo memorável de Renato com um feeling impressionante! -, uma das mais conhecidas, veio um momento diferente no show. Renato explicou que a banda para essa temporada decidiu reservar um espaço para ele mostrar suas influências e suas composições que não são conhecidas pelo Renato e Seus Blue Caps, e sim por outros músicos. Ver somente Renato e seu violão (dado no dia pelo Carlini) apresentando Smile, uma canção de Nat King Cole e Charles Chaplin (que momento mágico.....) e Corcovado e Eu Sei Que Vou Te Amar, clássicos da Bossa Nova. Ponto ganho! Um Diferencial, uma surpresa para muitos! E depois músicas como Devolva-me, A Pobreza e Você Não Serve Pra Mim mostraram um Renato lado compositor com essas canções que fizeram sucesso na voz de diversos artistas.

Após esse “interlúdio”, a festa voltou, e voltou com o público se levantando das cadeiras do teatro para dançar; e tem como ficar parado com pout pourri com Festa de Arromba/ O Pica-Pau/ Eu Estou Fervendo/ O Bom, clássicos eternos da Jovem Guarda, ou com um pout pourri com Pretty Woman/ Day Tripper/ Era Um Garoto Que Como Eu/ Satisfaction? A banda se manteve coesa nas duas horas de apresentação, sempre afinados, e mesmo pequenos erros de execução conseguiram por meio de improvisos tornar natural – toque de mestres! A apresentação fecha com Não Quero Mais Saber de Você, Meu Bem Não Me Quer e Menina Linda. Uma aula de performance e história de nosso Rock’ n’ Roll!


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Jota Quest Turnê 'Acústico' no Espaço das Américas
O Rappa turnê #ORappanobrennand no Espaço das Américas
Com produção impecável Maluma mostra porque merece o titulo de 'Rei do Reggaeton'
Jack Johnson, Turnê ´Summer Tour - 2017´ no Espaço das Américas
SOJA no Espaço das Américas
HonorSounds: De La Tierra + Armored Dawn em São Paulo
Revolution Radio: Green Day em São Paulo
ANAVITÓRIA o duo que está mostrando cada vez mais que veio para ficar.
Shattered Fortress: Mike Portnoy em São Paulo
One On One: Paul McCartney em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.