Site de música   
Coberturas de shows

Renato e Seus Blue Caps no Teatro Bradesco

Compartilhe:


Publicada em 24, Mar, 2017 por Fabiano Cruz


Ver ao vivo Renato e Seus Blue Caps é uma aula de história. A banda formada no Rio de Janeiro é uma das pioneiras em nosso Rock’ n’ Roll, sempre na ativa desde a década de 60, passando por várias mudanças de formações e da indústria fonográfica brasileira e se mantendo sempre atual. Renato e o vocalista Cid, remanescentes na formação desde 1965, conseguem manter a banda com uma sonoridade moderna sem deixar de lado canções da Jovem Guarda que embalaram bailes e mais bailes de uma época.

Em um Teatro Bradesco não muito lotado e com um público bem adulto – muitos na casa eram da época de ouro da Jovem Guarda – Renato e banda, após uma vinheta de abertura bem característica dos bailes citados, começam a apresentação com A Primeira Lágrima, e logo em seguida sem quase pausa emendam dois pout pourri, o primeiro com canções do porte de Como Num Sonho e Não Te Esquecerei e o segundo com Meu Primeiro Amor/ Até o Fim/ Você Não Soube Me Amar/ Dona do Meu Coração. Ufa! Só então Renato conversa com o público, falando da nova temporada e da banda, tudo com um bom humor impecável.... Aliás, bom humor enquanto não prestava atenção ao som; no começo foi um tanto embolado as vozes e o teclado mal se ouvia, problemas que, mesmo não atrapalhando o show como um todo, foram melhorando na sequência com Eu Não Aceito o Teu Adeus e Sou Apenas Alguém, mas irritando Renato que chegou a certo momento reclamar da técnica de som ao microfone...

Hotel Califórnia foi uma canção que mostrou o pensamento de Renato como arranjador – afinal, a banda tem inúmeras versões de canções do Rock’ n’ Roll, que tomaria um espaço enorme aqui se fosse listar uma a uma -, dizendo que essa é uma das que mais gostava de ter criado, o que te fato foi uma das mais belas versões que escutei dessa canção. A banda soa muito atual, o som pesado e grave não fica atrás de bandas mais novas – impressionante como a “cozinha” tem uma consistência sonora perfeita! E importante ainda notar como Cid é fundamental para a banda; momento vocalista principal, momento base, sua dinâmica nos arranjos vocais com o Renato é uma das assinaturas da banda! Mesmo canções como Não Volto Mais e Cláudia passa dessa percebido que um dia teve aquela sonoridade de bailes dos anos 60/ 70. O público a todo momento cantou e se mexeu, inclusive pessoas ilustres como Luiz Carlini – outro guitarrista que fez a história de nosso Rock.

Após Garota Malvada – cujo teve um solo memorável de Renato com um feeling impressionante! -, uma das mais conhecidas, veio um momento diferente no show. Renato explicou que a banda para essa temporada decidiu reservar um espaço para ele mostrar suas influências e suas composições que não são conhecidas pelo Renato e Seus Blue Caps, e sim por outros músicos. Ver somente Renato e seu violão (dado no dia pelo Carlini) apresentando Smile, uma canção de Nat King Cole e Charles Chaplin (que momento mágico.....) e Corcovado e Eu Sei Que Vou Te Amar, clássicos da Bossa Nova. Ponto ganho! Um Diferencial, uma surpresa para muitos! E depois músicas como Devolva-me, A Pobreza e Você Não Serve Pra Mim mostraram um Renato lado compositor com essas canções que fizeram sucesso na voz de diversos artistas.

Após esse “interlúdio”, a festa voltou, e voltou com o público se levantando das cadeiras do teatro para dançar; e tem como ficar parado com pout pourri com Festa de Arromba/ O Pica-Pau/ Eu Estou Fervendo/ O Bom, clássicos eternos da Jovem Guarda, ou com um pout pourri com Pretty Woman/ Day Tripper/ Era Um Garoto Que Como Eu/ Satisfaction? A banda se manteve coesa nas duas horas de apresentação, sempre afinados, e mesmo pequenos erros de execução conseguiram por meio de improvisos tornar natural – toque de mestres! A apresentação fecha com Não Quero Mais Saber de Você, Meu Bem Não Me Quer e Menina Linda. Uma aula de performance e história de nosso Rock’ n’ Roll!


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Zé Ramalho Comemora 40 anos de Carreira em São Paulo
Nx Zero grava novo DVD ´Registro Norte´ em São Paulo
The Stylistics Embalam o Valentine´s Day em São Paulo
21o Festival da Cultural Inglesa no Memorial da América Latina
Boyce Avenue no Cine Joia
Sandy faz show em São Paulo com sua turnê Meu Canto
Ratos de Porão e Krisiun no Tropical Butantã
Steve Vai, um dos Deuses da Guitarra, Retorna ao Brasil
O papa da dance music Giorgio Moroder em São Paulo
10000 Maniacs em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.