Site de música   
Coberturas de shows

Ney Matogrosso Revela seus Sinais em SP

Compartilhe:


Publicada em 06, Feb, 2017 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


Ney_Matogrosso_2017.jpg
Na noite da última sexta-feira, 3 de fevereiro, o emblemático artista, ícone do rock progressivo dos anos 70 junto aos Secos e Molhados e um dos grandes nomes da MPB, realiza mais um show da turnê "Atento aos Sinais".

Subindo ao palco do Espaço das Américas por volta das 22h30, sob elegante e brilhante aparato cênico, composto pelo privilegiado esquema de iluminação, Ney Matogrosso inicia a noite com "Rua da Passagem" na cadência rumbeira e ensolarada do cancioneiro latino.

"Incêndio", uma canção alegre, dançante, traduzindo aos ritmos do nordeste brasileiro como o forró e o baião a distinta elegância de seu vocal, em meio ao contagiante e malemolente andamento da melodia, também surge como bom momento do show.

Para a urgente "Vida Louca Vida", no andamento frenético do rock n' roll, vigorosa performance de Ney, seguida pelo delicioso samba de "Roendo as Unhas".

As densas e introspectivas "Noite Torta" e "A Ilusão da Casa" onde os metais emolduram com graça e leveza a potente e límpida voz do cantor, traduzem ao espetáculo toque de sutil requinte ao cancioneiro popular. Brilhante!

Rompendo totalmente a visão cênica tradicional da "quarta-parede", o artista se desnuda (de seu personagem) em cena, realizando aos olhos de todos as trocas de figurino necessárias, de forma velada pelo lusco-fusco da iluminação. Um momento de total entrega à sua arte e ao seu público, com naturalidade ímpar!

Após a sensual releitura para "Two Naira Fifty Kobo" (Caetano Veloso) introduzindo a musicalidade africana de matriz iorubá no espetáculo, em meio à forte percussão, ritmada, expressiva surge a crônica cotidiana expressa na letra de "Freguês da Meia-Noite", repleta de crítica social, ao retratar de forma introspectiva e visceral o drama da prostituição. Toca na ferida com garbo, conduzindo à reflexão com grande propriedade, sem descambar no popularesco lugar comum ou em piedosa e melancólica visão. Mais um importante momento da apresentação!

Ousado na performance de "Isso Não Vai Ficar Assim", permite-se acariciar e receber o carinho de seus fãs, em meio à evoluções sensuais e fluidas de dança. Inusitado!

O bolero de "Não Consigo", envolto em gostosa latinidade revisitada em modernos arranjos, segue antecedendo a explosão de ritmos de "Tupi Fusão".

O "Samba do Blackberry" traduz o maxixe dos anos 20 aos nossos dias não apenas por meio da letra "high-tech" bem-humorada, mas pelos arranjos primorosos, que fundem estilos tão díspares como os primórdios do samba ao pop atual de forma tão harmoniosa e precisa! Fantástico!!!

Além destas canções, grandes clássicos da carreira como "Amor" e "Poema" surgem durante o bis, para deleite dos fãs.

Em mais um feliz instante do espetáculo, o samba "Ex-Amor" de Martinho da Vila ganha ares sofisticados na bela releitura de Ney, relembrando o samba de gafieira de maneira primorosa.

Assim termina a brilhante apresentação, com todos os sinais de uma bem consolidada carreira, prenunciando que ainda há muitos outros sinais à surgir... Fiquemos atentos!!!


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Zé Ramalho Comemora 40 anos de Carreira em São Paulo
Nx Zero grava novo DVD ´Registro Norte´ em São Paulo
The Stylistics Embalam o Valentine´s Day em São Paulo
21o Festival da Cultural Inglesa no Memorial da América Latina
Boyce Avenue no Cine Joia
Sandy faz show em São Paulo com sua turnê Meu Canto
Ratos de Porão e Krisiun no Tropical Butantã
Steve Vai, um dos Deuses da Guitarra, Retorna ao Brasil
O papa da dance music Giorgio Moroder em São Paulo
10000 Maniacs em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.