Site de música   
Coberturas de shows

Revisitando os Anos 80 com o Synthpop do New Order em São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 04, Dec, 2016 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


New_Order_2016_12.jpg
Na noite da quinta-feira, 1° de dezembro, a banda New Order, uma das principais expoentes do synthpop nos anos 80, realizou memorável apresentação no Espaço das Américas em São Paulo, com abertura do aclamado DJ da cena eletrônica nacional Gui Boratto no comanfo das pick-ups.

Com privilegiado aparato cênico determinado pelo belíssimo esquema de iluminação, onde spots centrais mesclaram-se à disposição de gambiarras laterais incidindo como feixes em lazer, fundindo-se às cores metalizadas em revista ao neon tão em voga nos anos 80, descortinou-se um incrível e bem executado trabalho da cenotécnica, aliado aos telões/cicloramas ao fundo, exibindo imagens de grande teor estético. Perfeito!

Após início do show ao som de ´Singularity´, por volta das 23h30, a banda executa um de seus maiores clássicos, ´Regret´ hit nas paradas de todo o mundo no início dos anos 90.

Trazendo sucessos que abrangem todas as fases de sua carreira e canções do trabalho atual, o New Order em mais um show da turnê Music Complete, bate recordes de público, totalizando a lotação da casa.

Em mais um belíssimo momento da apresentação, a execução da balada eletrônica ´Your Silent Face´ com a suave introdução em doces acordes do sopro, a densidade do teclado ascendendo ao post-punk dark e a batida cadenciada do sintetizador, determinou mais um bom momento do espetáculo.

A dançante ´Tutti Frutti´ brinda o público com a presença marcante dos sintetizadores explorando sonoridades metálicas e métrica que remontam à disco 70´s, na junção com elementos do proto-house.

Para ´People on the High´ arranjos pautados na fusão entre o synthpop e o house, em uma composição arrojada e bem pontuada, trazem como diferencial a trilha de vocal feminino do refrão, explorando atmosfera de velada sensualidade. Great!

Em um dos melhores e mais efusivos instantes da noite, a execução do clássico ´Bizarre Love Triangle´ em versão muito próxima ao original gravado em estúdio, marcando um dos principais pontos de sinergia entre palco e plateia.

Após a execução de ´Waiting For the Sirens´ Call´, a densa introdução de ´Plastic´ soa forte, contundente, trazendo elementos do moderno electro na fusão com a divertida e frenética trilha de fundo, adotando aura futurista retrô, sem perder o mote de atualidade.... Great!

Além destas canções, grandes hits como ´The Perfect Kiss´, ´True Faith´, ´Blue Monday´ e ´Temptation´ constaram do set list da apresentação.

Para o momento do bis, canções da fase Joy Division como ´Decades´ e ´Love Will Tear Us Apart´ foram executadas em homenagem ao falecido vocalista Ian Curtis, além de presentear o público que acompanha a carreira dos músicos desde seus primórdios no dark wave/ post-punk. Emocionante!


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Turnê Sonora: Capital Inicial em São Paulo
Nando Reis e Anavitória em São Paulo
Cultura Inglesa Festival 2018 com George Ezra
Ivete e Gil no Allianz Parque Hall
Jorge Vercillo - Turnê A Experiência
The Manhattans em São Paulo
Armored Saint no Fabrique
To the Bone: Steven Wilson em São Paulo
Simple Plan na Audio Club
O Rock Progressivo de ELP em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2018 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.