Site de música   
Coberturas de shows

Versão Brasileira: Skank e Jorge Ben Jor

Compartilhe:


Publicada em 05, Oct, 2016 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


Skank-2016.jpg
Na noite da última sexta, 30 de setembro, o Espaço das Américas abrigou o evento Versão Brasileira que, nesta edição, trouxe dois dos maiores nomes da música popular brasileira: os mineiros do Skank com sua bossa na fusão entre reggae-rock-pop e o carioca Jorge Ben Jor, criador do sambalanço ainda no final dos anos 60, aliando a soul music aos ritmos nacionais. Dois nomes relevantes, traduzindo-se o melhor entre tradição e inovação para gerações que possuem diversos pontos musicais convergentes na criativa junção de estilos.

Subindo ao palco à 0h00 do sábado, 1º de outubro, o Skank já inicia o show com a energia vibrante de "A Noite", seguida pela suavizada "Do Mesmo Jeito" e pela clássica "Partida de Futubol".

A deliciosa "Uma Canção é pra Isso", com sua letra reflexiva e melodia linear, de andamento calmo, antecede a bela releitura para "É Proibido Fumar" (Roberto Carlos) e a dançante "Saideira", na fusão entre os latinos metais e o gostoso ska.

Canção da safra recente, "Alexia" traduz na entre a malemolência do reggae e o andamento cadenciado do samba uma canção criativa, de arranjos diferenciados, delicadamente dançante.

"Canção Noturna" traduz ao pop rock acentos de country e elementos esparsos de bolero, em uma balada antenada com a modernidade sem abrir mão da deliciosa aura retrô. A letra, simples, traduz ainda maior leveza. Great!

Grande momento do show "Ainda Gosto Dela" marca bom ponto de sinergia palco/platéia, com o público em coral uníssono à banda. Bonito de ver!

Em mais um especial ponto da apresentação "Vamos Fugir", inspirada releitura para o clássico de Gilberto Gil, traduz na cadência do reggae e no fraseado simples de Samuel Rosa o carisma típico ao estilo.

Além destas canções, clássicos da carreira como "Jackie Tequila", "Te Ver", e "Garota Nacional" constaram do setlist da apresentação.

Subindo ao palco por volta das 2h30 da madrugada de sábado, Jorge Ben Jor traz versões suavizadas na cadência do soul para "Minha Teimosia, Uma Arma para te Conquistar" e "Jorge da Capadócia".

Com a introdução dos festivos e afinados metais, a "Banda do Zé Pretinho" traz versão próxima à original, trazendo descontração e colocando o público para dançar.... Bom momento da apresentação!!!!

"Santa Clara Clareou" trouxe inovações no andamento, surgindo na cadência do reggae, seguida pela efusiva "Zazueira" e pela versão atualizada de "A Minha Menina".

O samba gostoso de "O Dia em que o Sol Declarou seu Amor pela Terra" surge com elementos de soul e reggae e a clássica "Estão Chegando os Alquimistas", um dos grandes momentos do show, em versão fidedigna à original.

"Ela Já Não Gosta Mais de Mim" traduz toda a energia do sambalanço, num swing gostoso formado pelo samba da percussão aliado aos metais rápidos e precisos, fundindo jazz e gafieira com grande propriedade. Excelente ponto do show, representado em um grande clássico!

O samba com ares de funk melody "Ive Brussel" também aponta a alta comunicação entre palco/ platéia, dando asas à descontração do público, que dançou efusivamente ao som da canção.

Mais um bom momento do espetáculo, o medley entre "Chove Chuva", "Mas Que Nada" e País Tropical" onde o soul alia-se ao samba de raiz e à sonoridades de matriz afro, traduz ao show toda a criatividade e sensibilidade de um artista à frente de seu tempo em canções atemporais.

Além dos grandes sucessos de sua carreira nos anos 70 e 80, Ben Jor traz a público a gostosa releitura para o clássico "Do Leme ao Pontal" (Tim Maia), canções de seus trabalhos mais recentes e de sua fase 90's como, "Engenho de Dentro", "W/Brasil" e "Por Causa de Você, Menina" em um show memorável e cheio de contagiante energia.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Solid Rock Festival: Apresentações Épicas em São Paulo
Roberto Carlos Só Para Mulheres
Infinite Content: Arcade Fire em São Paulo
The Wailers em São Paulo
Steve Rothery Band em São Paulo
HammerFall faz dos clichês do metal seus trunfos e volta a entregar aos fãs o que da banda se espera
Trinca de Ases - Nando Reis, Gilberto Gil e Gal Costa
Versão Brasileira com Jorge ben Jor e Criolo
R5, entre e fique à vontade!
Apocalyptica mostra porque o álbum ´Plays Metallica by Four Cellos´ é um sucesso

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.