Site de música   
Coberturas de shows

EDC Brasil 2015 - dia 1

Compartilhe:


Publicada em 06, Dec, 2015 por Fabio Albuquerque


edc-brasil.jpg
Pela primeira vez na América do Sul, o conceituado festival Electric Daisy Carnival chegou ao Brasil trazendo uma mega produção com 3 palcos, um parque com 6 atrações radicais, performers, e um line up de primeira. A grande festa teve início ontem, no autódromo de Interlagos, em São Paulo, atraindo milhares de admiradores da música eletrônica.

O público chegou cedo e logo foi se dividindo entre os palcos. Com tantas boas opções parecia muito difícil escolher o que prestigiar. Entre um DJ e outro, alguns se aventuravam nos brinquedos radicais, com grandes filas e muita animação. O palco Kinetic Field, que traz os maiores nomes da EDM, começou a lotar quando a dupla Felguk comandava as pick ups. Um multidão de diversos cantos do Brasil, e inclusive de outros países (era possível ver bandeiras da Holanda, Suécia, Chile, Colômbia, entre outros), começou a se concentrar em frente ao palco, quando a dupla passou o comando para o Dj e produtor russo Arty, que manteve a energia alta até o momento da Opening Ceremony. Esta por si só foi um espetáculo a parte, oferecendo a todos um grande momento de entretenimento, com uma majestosa queima de fotos e projeções incríveis no seu imenso telão de led. O Dj Audien iniciou logo em seguida, abrindo seu set com o clássico Sun and Moon, de Above & Beyond (uma das atrações mais esperadas do segundo dia do festival), levando o público à loucura.

Enquanto isso, no palco Neon Garden, a dupla sul-africana Goldfish apresentava com maestria um incrível set Live, onde abusaram da habilidade musical com diversos instrumentos como saxofone, contrabaixo, flauta, teclado, e até mesmo piano, mixados com samplers e sintetizadores.

No palco Bass Pod, os brazucas do Tropkillaz se apresentaram para uma galera bastante animada, e que já havia presenciado feras como Dirty Noise e Milo & Otis. A expectativa maior do público era para a entrada de Tiesto, que subiu no palco Kinetic no auge do festival. Havia muita gente a se perder de vista, quando ele começou seu set muito mais comercial e menos trance do que se esperava, mesmo sendo tal estilo que projetou internacionalmente o renomado DJ. De qualquer forma, a multidão que assistia sua apresentação estava muito animada e satisfeita principalmente com os grandes seus grandes hits.

Muita gente que aprecia o house alternativo migrou para o palco Neon Garden para prestigiar o DJ e produtor inglês Jamie Jones. Ele apresentou diversos sucessos do selo Hot Creations, que bomba nas festinhas mais descoladas pelo mundo afora.

No meio de tanta coisa boa, vale destacar a ótima organização do evento, com diversas opções de alimentação, muitos caixas e bares praticamente sem fila e banheiros por todos os lados.

Quando encerraram o som, a galera mesmo cansada com a maratona ainda dançava e foi deixando o autódromo com muita animação e empolgação, pois todos sabiam que hoje tem muito mais EDC. A segunda noite promete ser tão ou mais inesquecível.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Super Tour de Pet Shop Boys passa por São Paulo
Overload Music Fest 2017
The Vamps em São Paulo
5 Seconds of Summer em São Paulo
In Concert: Roberto Carlos em São Paulo
Information Society na Audio Club - Festa da Toco
Festa Rádio Metropolitana com Skank
Show Lindsey Stirling no CitiBank Hall
Nile em São Paulo
Show do Postmodern Jukebox é recheado de homenagens ao Brasil

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.