Site de música   
Coberturas de shows

Zé Ramalho esbanja vigor e simpatia e emociona fãs em São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 19, Oct, 2015 por Mumu Silva

Clique aqui e veja as fotos deste show.


Ze_Ramalho_2015.jpg
Ícone da música popular brasileira, o cantor e compositor Zé Ramalho, se apresentou no Tom Brasil, sábado (17/10), em São Paulo. Mostrando um vigor físico excepcional e sua já costumeira simpatia, o cantor não poupou energia para animar o público com seu repertório recheado de clássicos.

Muito bem vestido e elegante, o público aguardava ansioso a chegada de Zé Ramalho que praticamente sem atrasos subiu ao palco ao som de “Companheira de alta luz”, seguida por “Caminhando.

Mesmo com a plateia sentada em suas mesas e Zé Ramalho falando pouco, entre uma música e outra, a cumplicidade entre ambos era notória, especialmente quando ele começou a tocar na sequência alguns de seus maiores clássicos: “Beira-mar”, “Entre a Serpente e a Estrela”, “Táxi Lunar”, “Banquete dos Signos”, “Chão de Giz”, “Vila do Sossego” e “Garoto de Aluguel”.

No ápice do show, o músico de 66 anos de idade, mas com energia e qualidade vocal de dar inveja a garotos de metade de sua idade, evocou a alma de outro grande nome da música popular brasileira, o também roqueiro e nordestino arretado, Raul Seixas. Primeiro ao som de “Gitâ”, ele emocionou a todos, depois continuou a sessão nostalgia com “Medo da Chuva”, cantada em som uníssono por todos.

Sem pausas ou descanso, o músico conseguiu elevar mais um pouco o cume da experiência sonora de seu show, tocando a emocionante “Avôhai”, e depois, no maior coro da noite, o hit “Admirável Gado Novo”, tema da novela “O Rei do Gado”.

Com um simples aceno o músico se despede do público, que mal tem tempo de sentir saudades, pois tão logo a luz se apaga para a falsa e tradicional despedida, ele já retorna para o bis, ao som de “Sinônimos”. Nesse momento o público se levantou de suas mesas e veio até a frente do palco, cantar e saudar esse grande músico, que logo após terminar a canção “Vida de Viajante”, agradeceu e finalizou esse espetáculo maravilhoso.

Um senhor nordestino, roqueiro, daquele tipo sertanejo verdadeiro, que mal fala durante o show, que parece ingênuo, mas é conhecedor da vida e da música. Um dos maiores da música popular brasileira, pois além de ser um colecionador de hits, consegue ser amável e simpático e mostrar que está no ápice da forma física e artística. Zé Ramalho, que o senhor volte logo para São Paulo, pois todos precisamos dar mais umas voltas em seu famoso taxi para a estação lunar.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Mawaca no Audibira
Batushka no Fabrique Club
Therion, Cellar Darling e The Devil em São Paulo
No More Tours 2: Ozzy Osbourne em São Paulo
The Kooks no Espaço das Américas
World Be Gone: Erasure e o Retorno do Synthpop 80´s em São Paulo
Canta Lulu: Lulu Santos em São Paulo
Luis Fonsi estreia no Brasil com produção impecável
O Progressive Rock de Pain of Salvation em São Paulo
Turn Up the Quiet: Diana Krall em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2018 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.