Site de música   
Coberturas de shows

Harmonia e Ousadia: Blind Guardian em São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 14, Oct, 2015 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


Blind_Guardian_2015.jpg
Subindo ao palco do Tom Brasil por volta das 20h00 do domingo, 12 de outubro último, a banda já inicia sua apresentação com a grandiloquente "The Ninth Wave", trazendo na introdução densa recursos contrapontísticos do baixo medievo, determinado pelo bem executado cânone. Repleta de grandes e vertiginosas variações em andamento e cadência, remonta também ao progressive rock. Guitarras distorcidas de afinação alta aliam-se ao baixo em dub e à bateria cadenciada, de condução firme, abrindo o show em grande estilo.

Na sequência a urgente e dissonante "Banish from Sanctuary" em frenética cadência remetendo ao speedy metal, surge com ares de grande hino, em um momento de grande participação do público, em perfeita sinergia com a banda. Com grande agilidade, a bateria conduz a melodia repleta de cromatismos vigorosos. Guitarras em riffs e slides de extrema complexidade técnica emolduram a bem construída harmonia.

Em "Nightfall", mais um grande hit acompanhado apaixonadamente pelo coro das vozes do público, surge um dos momentos mais introspectivos da apresentação, onde o vocal bem posicionado de Hansi Kürsch se apresenta com brilhantismo, para o timbre aveludado e incomum, que em meio à modulações técnicas denota também inegável carisma e personalidade.

Em "Fly", sonoridade remontando ao malemolente cadenciado mediterrâneo, acompanhado pelas palmas da plateia, surge na conversão ao refrão, na junção com a linha melódica fluida das guitarras distorcidas em vigorosos slides e variações dinâmicas pronunciadas. Nota para a boa participação do baixo de Barend Curbois realizando belo contraponto, auxiliando a ambientação dos acidentes melódicos e dissonâncias.

A explosão melódica de "Tanelorn" com acordes intrincados e encadeamentos inusitados seguida pela bela "Prophecies", com sua introdução suave, ascendendo para cadência vigorosa de power metal também determinam importantes momentos da apresentação. Digno de menção o coro em justaposição à dissonante conversão, atingindo mais um importante ponto de variação, com reforço de bass, cadência e andamento ralentado, sendo permeado com brilhantismo pelos solos de guitarra em riffs bem pontuados. Perfeito!

Para "The Last Candle" a introdução extremamente pesada, de acordes altos, distorções e vocalizes antecede a ambientação cadenciada da melodia, remetendo de forma ousada ao trash metal no andamento. O instrumental com esparsos acordes suspensos determinam suave aura sombria à melodia. Interessante dissonância!

Alterando totalmente a dinâmica frenética da apresentação, a melodiosa balada "Miracle Machine" surge em versão acústica, com belíssimos arranjos do piano em doces notas de andamento suave e leve suspensão, determinando à melodia aura de densidade. A bela performance vocal, repleta de apaixonados acentos de seu intérprete em modulações de rara beleza completam este momento.

Ainda mantendo o mote de suavidade e reflexão, a bela "Lord of the Rings" precede a criativa "Time Stands Still", que passeia por variadas sonoridades e vertentes do metal rock, encadeadas de maneira inusitada, em uma composição de alto teor técnico. Performances instrumentais inusitadas fazem deste mais um grande instante da apresentação.

Grande densidade dinâmica sem abrir mão da frenética agilidade típicas do power metal são contempladas em "I'm Alive" e na canção que a sucede "Imaginations", encerrando o primeiro bloco de canções da apresentação.

Iniciando o terceiro bloco de canções após breve pausa "Wheel of Time" explora a sonoridade mourisca, traduzindo traços do tradicional cancioneiro turco à guitarra andaluza, numa interessante mescla com a pesada construção harmônica da melodia em power metal. Enveredando por escalas afins "Twilight of the Gods" antecede a nórdica "Valhalla", encerrando este bloco.

Para o terceiro e último bloco de canções, à guisa de bis, grandes sucessos da carreira como "Requiem", "The Bard's Song", "Mirror Mirror" e "Barbara Ann" foram reservados, como grata surpresa aos fãs. Intenso!


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Samsung Best of Blues: Joe Satriani e Artur Menezes em São Paulo
Julieta Venegas no Tom Brasil
The Maine em São Paulo
A Atualíssima Fusão Rock/ Soul: Dead Daisies e Richie Kotzen
Luiza Possi Canta Michael Jackson
Show Barão Vermelho - Turnê #Barãoprasempre
Milton Nascimento em 'Semente da Terra'
Rodrigo Teaser - Tributo ao Rei do Pop: homenagem é marcada pela emoção da data
Zé Ramalho Comemora 40 anos de Carreira em São Paulo
Nx Zero grava novo DVD ´Registro Norte´ em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.