Site de música   
Coberturas de shows

Os Paralamas do Sucesso 30 anos no Espaço das Américas

Compartilhe:


Publicada em 25, May, 2015 por Anderson Lisboa

Clique aqui e veja as fotos deste show.


Os_Paralamas_do_Sucesso-2015.jpg
Como parte das comemorações pelos 30 anos de banda, Os Paralamas do Sucesso montaram um espetáculo de som e imagem que passou no último domingo (24/05) pelo Espaço das Américas em São Paulo.

Era um pouco mais de 21:00 quando Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone subiram ao palco acompanhados do inseparável tecladista João Fera e uma dupla de metais afiadíssima iniciando o show com Alagados e Dos Margaritas em sequência, levando o público ao delírio total. Público esse que também merece destaque, pois era composto por pessoas de todas as idades, de idosos a crianças e chegou a emocionar Herbert em muitos momentos.

O repertório transitou por todos os discos da banda, e conforme as músicas eram tocadas, um telão em alta definição exibia imagens da época. Para cada música, uma riqueza de detalhes em imagem e iluminação, tudo preparado de maneira impecável.

A terceira música foi a poderosa "Cuide bem do seu amor", um dos pontos altos do show que a partir daí intercalou as músicas cheias de reggae e ska da primeira década de Paralamas com as canções dos discos mais recentes da banda, em uma dinâmica muito interessante que agradou a todos e trouxe uma carga de emoções muito forte ao show.

Tecnicamente, Os Paralamas dispensam comentários. João Barone deixa claro ao vivo porque foi eleito por tantas vezes o melhor baterista da América Latina, ao lado de Bi Ribeiro e suas linhas de baixo irretocáveis e um Herbert Vianna que parece conversar com a guitarra. Ainda amparados pela dupla de trombone e sax e o tecladista João Fera, 3 músicos de apoio o que, de tão competentes, fazem parecer uma orquestra completa.

Entre as canções autorais, os Paralamas encaixaram versões de "Trac Trac" do argentino Fito Paez, canção presente nos shows desde o disco ao vivo "Vamo batê lata", "Você" de Tim Maia, "Manguetown", da Nação Zumbi e "A Novidade", de Gilberto Gil.

Após quase 2 horas de espetáculo, o Espaço das Américas em uníssono convocou a banda para o bis, que teve uma sequência matadora com os hits "Caleidoscópio" e "Vital e Sua Moto", encerrando o show com uma versão de "Que País é Esse" da Legião Urbana.

No saldo final, diria que foi um momento histórico para o público paulista e para a própria banda, que continua reinando absoluta, se reinventando e emocionando multidões há tanto tempo. A receita para essa longevidade nós não sabemos exatamente qual é, mas ficamos na torcida para que funcione ainda por muitos e muitos anos.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Zé Ramalho Comemora 40 anos de Carreira em São Paulo
Nx Zero grava novo DVD ´Registro Norte´ em São Paulo
The Stylistics Embalam o Valentine´s Day em São Paulo
21o Festival da Cultural Inglesa no Memorial da América Latina
Boyce Avenue no Cine Joia
Sandy faz show em São Paulo com sua turnê Meu Canto
Ratos de Porão e Krisiun no Tropical Butantã
Steve Vai, um dos Deuses da Guitarra, Retorna ao Brasil
O papa da dance music Giorgio Moroder em São Paulo
10000 Maniacs em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.