Site de música   
Coberturas de shows

Os Paralamas do Sucesso 30 anos no Espaço das Américas

Compartilhe:


Publicada em 25, May, 2015 por Anderson Lisboa

Clique aqui e veja as fotos deste show.


Os_Paralamas_do_Sucesso-2015.jpg
Como parte das comemorações pelos 30 anos de banda, Os Paralamas do Sucesso montaram um espetáculo de som e imagem que passou no último domingo (24/05) pelo Espaço das Américas em São Paulo.

Era um pouco mais de 21:00 quando Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone subiram ao palco acompanhados do inseparável tecladista João Fera e uma dupla de metais afiadíssima iniciando o show com Alagados e Dos Margaritas em sequência, levando o público ao delírio total. Público esse que também merece destaque, pois era composto por pessoas de todas as idades, de idosos a crianças e chegou a emocionar Herbert em muitos momentos.

O repertório transitou por todos os discos da banda, e conforme as músicas eram tocadas, um telão em alta definição exibia imagens da época. Para cada música, uma riqueza de detalhes em imagem e iluminação, tudo preparado de maneira impecável.

A terceira música foi a poderosa "Cuide bem do seu amor", um dos pontos altos do show que a partir daí intercalou as músicas cheias de reggae e ska da primeira década de Paralamas com as canções dos discos mais recentes da banda, em uma dinâmica muito interessante que agradou a todos e trouxe uma carga de emoções muito forte ao show.

Tecnicamente, Os Paralamas dispensam comentários. João Barone deixa claro ao vivo porque foi eleito por tantas vezes o melhor baterista da América Latina, ao lado de Bi Ribeiro e suas linhas de baixo irretocáveis e um Herbert Vianna que parece conversar com a guitarra. Ainda amparados pela dupla de trombone e sax e o tecladista João Fera, 3 músicos de apoio o que, de tão competentes, fazem parecer uma orquestra completa.

Entre as canções autorais, os Paralamas encaixaram versões de "Trac Trac" do argentino Fito Paez, canção presente nos shows desde o disco ao vivo "Vamo batê lata", "Você" de Tim Maia, "Manguetown", da Nação Zumbi e "A Novidade", de Gilberto Gil.

Após quase 2 horas de espetáculo, o Espaço das Américas em uníssono convocou a banda para o bis, que teve uma sequência matadora com os hits "Caleidoscópio" e "Vital e Sua Moto", encerrando o show com uma versão de "Que País é Esse" da Legião Urbana.

No saldo final, diria que foi um momento histórico para o público paulista e para a própria banda, que continua reinando absoluta, se reinventando e emocionando multidões há tanto tempo. A receita para essa longevidade nós não sabemos exatamente qual é, mas ficamos na torcida para que funcione ainda por muitos e muitos anos.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
The Maine em São Paulo
A Atualíssima Fusão Rock/ Soul: Dead Daisies e Richie Kotzen
Luiza Possi Canta Michael Jackson
Show Barão Vermelho - Turnê #Barãoprasempre
Milton Nascimento em 'Semente da Terra'
Rodrigo Teaser - Tributo ao Rei do Pop: homenagem é marcada pela emoção da data
Zé Ramalho Comemora 40 anos de Carreira em São Paulo
Nx Zero grava novo DVD ´Registro Norte´ em São Paulo
The Stylistics Embalam o Valentine´s Day em São Paulo
21o Festival da Cultural Inglesa no Memorial da América Latina

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.