Site de música   
Coberturas de shows

Iced Earth no Carioca Club

Compartilhe:


Publicada em 26, Mar, 2014 por Fabiano Cruz


Domingo perfeito para ir a um show de Heavy Metal: dia que não temos problemas de condução e com o verão saindo de cena aos poucos para dar o lugar ao outono, cenário que já me animou a ver Iced Earth, banda que sempre admirei, mas até então nunca tinha presenciado uma apresentação de Jon Schaffer e companhia. A casa teve um excelente público, mostrando que mesmo com as constantes trocas de integrantes e um período meio obscuro da banda, o Iced Earth tem uma legião de fãs no Brasil.

Marcado para começar as 20:30, com um atraso irrelevante, A Intro seguida da faixa título do novo trabalho Plagues of Babylon, seguida de Democide começou a apresentação de forma tímida, mas intensa; o público pareceu ainda não estar familiarizado com esse disco, salvo alguns fãs mais exaltados que já nessas cantarolavam aqui e ali. Os trabalhos com o vocalista Stu Block continuaram com V e a bela música If I Cold See You, ate aqui, o público foi se soltando aos poucos e a banda foi se firmando em palco, principalmente Block, que está mais seguro e solto desde sua entrada na banda; mas nas primeiras notas de The Hunter, do nada o Carioca Club quase veio abaixo! Ficou claro que a maioria ali estava presente para ver os clássicos da banda, como em Burning Times, cantada em uníssono e com força pelos fãs.

Daí pra frente, o show só foi aumentando de qualidade. A banda ao vivo é um absurdo, confesso que me surpreendi, a pegada beira o Thrash Metal em vários momentos, e junto com a afinação e timbres perfeitos, a qualidade sonora foi acima do normal. Schaffer, depois de tantas trocas de formação da banda, parece que conseguiu um time que não deve em nada ao que teve em mãos no passado; sua presença em palco é perfeita: tímido, na sua, comanda a banda e som com maestria, com todos seguindo seus sinais e comandos feitos hora de forma discreta, hora com a própria guitarra. E sua técnica ao vivo consegue ser mais impressionante ainda! Outro destaque individual ficou por conta do baterista Jon Dette, que surrou sem dó seu kit, em passagens que a bateria ficou em destaque – algo realmente raro, onde somente grandes nomes da bateria conseguem...

Red Baron/ Blue Marx mostrou Block confortável não somente nas canções gravadas por Barlow, mas também em gravações que Ripper Owens fez. Blessed Are You foi outra cantada de maneira supreendente pelos fãs, enquanto Vengeance is Mine abriu as primeiras e discretas rodas na pista. Sem muita conversa com os presentes, o Iced Earth manda um som quase seguido diretamente no outro, Cthulhu acalmou os ânimos por ser mais uma do novo trabalho, abrindo espaço para My Own Savior e finalizando a primeira parte do show com A Question of Heaven (dando um toque aqui que a banda deu uma atenção ao trabalho The Dark Saga, algo que me deixou surpreso)

Um pouco demorado para voltar ao bis, onde técnicos aproveitaram para dar mais um retoque nos instrumentos de Schaffer, Dystopia foi a primeira a ser tocada na volta da banda ao palco. Anunciada como uma das mais belas canções da banda composta pelo Schaffer para um de seus melhores amigos, Block anuncia Watching Over Me, e temos o melhor momento de toda apresentação... A música já é forte por natureza, pelos seus riffs e pela letra, e o Carioca Club inteiro cantou junto; normal, já ate escrevi isso nessa resenha, porém depois que a música terminou o público não parou de cantar o refrão, deixando a banda realmente incrédula, sem saber o que fazer, e com Schaffer com uma cara que só faltou chorar... Restou a ele dar um acorde e a banda continuar por mais alguns refrões. Lindo, momento mágico. E com Block comandando a casa para cantar “Iced fuckin’ Earth”, os norteamericanos fecham com a faixa que leva o nome da banda, numa garra impecável.

Claro que em se tratando de uma banda que tem músicas de qualidades indiscutíveis, ficou muito som de fora e o show de uma hora e meia pareceu curto demais (sabendo que duas canções foram cortadas do set em relação a outros shows da turnê, não sei informar o porquê); mesmo assim, o Iced Earth fez em território nacional uma apresentação que figurará na lista de melhores shows de 2014, mesmo ainda sendo começo de ano...


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
The Maine em São Paulo
A Atualíssima Fusão Rock/ Soul: Dead Daisies e Richie Kotzen
Luiza Possi Canta Michael Jackson
Show Barão Vermelho - Turnê #Barãoprasempre
Milton Nascimento em 'Semente da Terra'
Rodrigo Teaser - Tributo ao Rei do Pop: homenagem é marcada pela emoção da data
Zé Ramalho Comemora 40 anos de Carreira em São Paulo
Nx Zero grava novo DVD ´Registro Norte´ em São Paulo
The Stylistics Embalam o Valentine´s Day em São Paulo
21o Festival da Cultural Inglesa no Memorial da América Latina

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.