Site de música   
Coberturas de shows

Linkin Park em São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 14, Oct, 2012 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


linkin-park-2012.jpg
No último domingo, 05 de outubro, a banda Linkin Park apresentou-se na Arena Anhembi em São Paulo para um público de aproximadamente 35 mil pessoas. O show com início às 21h00 transcorreu de forma tranquila e linear, onde os criativos músicos apresentaram seus grandes sucessos.

Em “Faint” aliado ao fraseado vocal hip hop surgiram elementos do eletro rock por meio da base eletrônica determinada pelos sintetizadores. O baixo em dub auxiliou no aumento dinâmico do peso expresso pela bateria frenética, em ágil condução. Efeitos robóticos para o vocal no refrão dão um colorido extra, para esta criativa melodia, na cadência do hardcore.

“Given Up” marca importante momento do show, com vocal gutural e estridente pautando o assimilável refrão, emoldurando bem a melodia cadenciada na fusão entre heavy metal, hard rock e elementos do punk, com esparsos recursos dos sintetizadores.

O grande diferencial de “With You” surge já na introdução, com “viradas” em scratches na base sobre a melodia hardcore com fraseado do hip hop.

“Somewhere I Belong” traduz sonoridade voltada ao pop na balada hardcore com elementos extraídos da black music, em especial do charm, com a presença de distorcidas e melancólicas guitarras no refrão, em mais um bom momento do espetáculo.

Com sintetizadores em dub traduzindo um suave ar dançante e retrô, remetendo à sonoridade da disco 70`s, “In My Remains” surge como descontraída balada pop.

Numa das melhores execuções da noite “Victimized” traduz todo o vigor e força do punk rock, em andamento alucinante, com frenético fraseado vocal.

Em medley, um dos momentos mais belos e suaves da apresentação “Leave Out All The Rest”/”Shadow Of The Day”/ “Iridescent” traz apenas voz e teclado com intensa participação do público.

Com grande densidade e atitude, a enérgica “The Catalyst” já começa com vocais descontraídos em up e scratches, possuindo elementos melódicos que remontam ao progressive tanto em andamento e cadência da música, quanto no fraseado vocal, mais suave… Surgem também excertos de minimal eletrônico e funk, em uma canção ousada e criativa.

“One Step Closer” voltada para uma sonoridade mais alinhada com o rock n`roll, na cadência hardcore apresenta guitarras rascantes e linhas do baixo em dub, em contraponto à bateria cadenciada. Esparsos scratches auxiliam na composição da atmosfera moderna e street urban da melodia.

Na finalização do espetáculo, três grandes sucessos na sonoridade frenética do eletrorock na junção com o hip hop levaram o público ao delírio: as execuções de “Burn It Down”, “In The End” e “Bleed It Out”.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
The Maine em São Paulo
A Atualíssima Fusão Rock/ Soul: Dead Daisies e Richie Kotzen
Luiza Possi Canta Michael Jackson
Show Barão Vermelho - Turnê #Barãoprasempre
Milton Nascimento em 'Semente da Terra'
Rodrigo Teaser - Tributo ao Rei do Pop: homenagem é marcada pela emoção da data
Zé Ramalho Comemora 40 anos de Carreira em São Paulo
Nx Zero grava novo DVD ´Registro Norte´ em São Paulo
The Stylistics Embalam o Valentine´s Day em São Paulo
21o Festival da Cultural Inglesa no Memorial da América Latina

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.