Site de música   
Coberturas de shows

Linkin Park em São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 14, Oct, 2012 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


linkin-park-2012.jpg
No último domingo, 05 de outubro, a banda Linkin Park apresentou-se na Arena Anhembi em São Paulo para um público de aproximadamente 35 mil pessoas. O show com início às 21h00 transcorreu de forma tranquila e linear, onde os criativos músicos apresentaram seus grandes sucessos.

Em “Faint” aliado ao fraseado vocal hip hop surgiram elementos do eletro rock por meio da base eletrônica determinada pelos sintetizadores. O baixo em dub auxiliou no aumento dinâmico do peso expresso pela bateria frenética, em ágil condução. Efeitos robóticos para o vocal no refrão dão um colorido extra, para esta criativa melodia, na cadência do hardcore.

“Given Up” marca importante momento do show, com vocal gutural e estridente pautando o assimilável refrão, emoldurando bem a melodia cadenciada na fusão entre heavy metal, hard rock e elementos do punk, com esparsos recursos dos sintetizadores.

O grande diferencial de “With You” surge já na introdução, com “viradas” em scratches na base sobre a melodia hardcore com fraseado do hip hop.

“Somewhere I Belong” traduz sonoridade voltada ao pop na balada hardcore com elementos extraídos da black music, em especial do charm, com a presença de distorcidas e melancólicas guitarras no refrão, em mais um bom momento do espetáculo.

Com sintetizadores em dub traduzindo um suave ar dançante e retrô, remetendo à sonoridade da disco 70`s, “In My Remains” surge como descontraída balada pop.

Numa das melhores execuções da noite “Victimized” traduz todo o vigor e força do punk rock, em andamento alucinante, com frenético fraseado vocal.

Em medley, um dos momentos mais belos e suaves da apresentação “Leave Out All The Rest”/”Shadow Of The Day”/ “Iridescent” traz apenas voz e teclado com intensa participação do público.

Com grande densidade e atitude, a enérgica “The Catalyst” já começa com vocais descontraídos em up e scratches, possuindo elementos melódicos que remontam ao progressive tanto em andamento e cadência da música, quanto no fraseado vocal, mais suave… Surgem também excertos de minimal eletrônico e funk, em uma canção ousada e criativa.

“One Step Closer” voltada para uma sonoridade mais alinhada com o rock n`roll, na cadência hardcore apresenta guitarras rascantes e linhas do baixo em dub, em contraponto à bateria cadenciada. Esparsos scratches auxiliam na composição da atmosfera moderna e street urban da melodia.

Na finalização do espetáculo, três grandes sucessos na sonoridade frenética do eletrorock na junção com o hip hop levaram o público ao delírio: as execuções de “Burn It Down”, “In The End” e “Bleed It Out”.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Em Apoteótica Apresentação, Bon Jovi Encerra o Segundo Dia do SP Trip
Primeira Noite do SP Trip Apresenta Três Gerações do Rock, com a Memorável Apresentação de The Who
Luiza Possi canta Michael Jackson num tributo emocionante no Teatro Porto Seguro
Super Tour de Pet Shop Boys passa por São Paulo
Overload Music Fest 2017
The Vamps em São Paulo
5 Seconds of Summer em São Paulo
In Concert: Roberto Carlos em São Paulo
Information Society na Audio Club - Festa da Toco
Festa Rádio Metropolitana com Skank

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.