Site de música   
Coberturas de shows

Californian Scene em São Paulo: Ugly Kid Joe

Compartilhe:


Publicada em 16, Aug, 2012 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


ugly-kid-joe-2012.jpg
Na noite do último sábado, 11 de agosto, a banda apresentou-se no Via Marquês, com abertura da banda Pop Javali, que trouxe covers de clássicos do rock além de canções de própria autoria.

Subindo ao palco por volta das 22h00, a banda já iniciou a apresentação com “V.I.P.”, uma canção cheia de vitalidade sob a batida pesada do hardcore com rápido fraseado vocal remetendo ao hip hop, ascendendo para tendências do metal no refrão, em bem posicionada variação dinâmica. Na finalização elementos extraídos do punk rock traduzem andamento frenético.

A interessante “Dialogue” bebe nas fonts do hard rock, com afinação padrão das cordas... Perícia e técnica na linha de baixo em dub, em perfeito contraponto à bateria nas conversões.

“Neighbor” apresenta breaks da bateria bem trabalhados com os backing vocals do refrão, sustentando a criativa melodia. Belos solos de guitarra em riffs ascendentes e deliciosamente distorcidos nas finalizações… Remete ao progressive rock, nas variações dinâmicas que dividem a melodia em três tempos distintos, alternando entre momentos suaves e introspectivos e vigorosos acordes de influência hard/ heavy, numa boa execução.

A descontraída sonoridade abordada em “C.U.S.T” alia a leveza dab atria cadenciada vocais rascantes e importantes variações de andamento na finalização.

“No One Survives”, de linha introspectiva, traz densidade estilística em letra e melodia, com suaves variações dinâmicas de maior peso apenas no refrão, revelando outras influências no processo criativo da banda.

Melodia construída sobre as linhas de baixo, de forma peculiar e até certo ponto inusitada, a divertida “I´m Alright” traz bateria e riffs da guitarra cadenciados, em acompanhamento ao baixo potente, numa ousada inversão dos papéis característicos de cada instrumento. Solos de guitarra em acordes diversificados após o refrão denotam ligeiro colorido extra à canção, acenando para o pop rock.

Com guitarras predominantes, rascantes, de andamento dolente em acordes suspensos e bateria cadenciada “Tomorrow’s World” remete ao grunge em mais um momento introspectivo do show.

“Make Me Seek” traduz todo o peso do hardcore… Dado importante e grande diferencial desta melodia reside na métrica, na divisão ousada da letra com prolongamento nas sílabas finais das frases, traduzindo charme de estilo clássico.

Além destas canções, outros clássicos da banda como “Cats In The Cradle”, “Goddamn Devil”, “Milkmans Son”, “Sweet Leaf”, “Madman”, “Dirty Deeds”, “Clover” e “Everything About You”, constaram do seleto repertório apresentado no show.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Solid Rock Festival: Apresentações Épicas em São Paulo
Roberto Carlos Só Para Mulheres
Infinite Content: Arcade Fire em São Paulo
The Wailers em São Paulo
Steve Rothery Band em São Paulo
HammerFall faz dos clichês do metal seus trunfos e volta a entregar aos fãs o que da banda se espera
Trinca de Ases - Nando Reis, Gilberto Gil e Gal Costa
Versão Brasileira com Jorge ben Jor e Criolo
R5, entre e fique à vontade!
Apocalyptica mostra porque o álbum ´Plays Metallica by Four Cellos´ é um sucesso

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.