Site de música   
Coberturas de shows

3 Doors Down wm São Paulo

Compartilhe:


Publicada em 25, Apr, 2012 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


3-doors-down-2012.jpg
Na última quinta-feira dia 12 de abril, a banda apresentou-se no Credicard Hall, iniciando o espetáculo por volta das 22h00.

Na abertura, ao som de samplers remetendo às vertentes do eletro, com belo trabalho da privilegiada iluminação.

Baseando-se na new wave 80’s em fusão com o indie atual, “Time Of My Life” traduz um pop rock suavizado, gostoso de ouvir...

A criativa e diversificada “Duck and Run” sugere a confluência entre o metal na afinação das guitarras e o ska/punk, determinado pela bateria cadenciada em dub, com fraseado vocal ligeiro e charmoso. Bom solo da guitarra melódica e rítmica na conversão...

O pop com influências diretas no classic rock de “The Better Life” traz precisa condução da bateria e riffs poderosos das guitarras distorcidas entre as estrofes, ressaltando a atmosfera de liberdade expressa pela letra.

Com inspirada interpretação vocal, a balada “Away From The Sun” trduz todo o lirismo romântico nos teclados em suspensão, realizando contraponto com a bateria cadenciada, alternando entre suaves movimentos de acompanhamento e vigorosas notas
nos refrões.

Remetendo aos tambores celtas na bateria, o medley “Citizen/ Soldiers” possui atmosfera selvagem, numa dicotomia entre peso dinâmico e introspecção. Criativa e misteriosa, traduz melodia intrincada, com arranjos nada óbvios, revelando-se um dos grandes momentos do show.

“Changes” surge cheia de atitude, em cadência voltada ao heavy metal... A intensidade da melodia alterna-se num perfeito entrosamento ao fraseado da canção em semi-narrativa, traduzindo-se numa atmosfera épica, ascendendo para refrão de acordes intensos.

Outra bela execução, a balada “Loser” de letra ácida e um tanto depressiva, contrastando com a melodia pop, trouxe boa finalização, com grandes variações em andamento e dinâmica, remetendo ao progressivo, em vertiginosas e altamente criativas conversões, em uma das mais belas e criativas canções exploradas no espetáculo.

Com inspiração direta na new wave, “Round and Round” brindou os presentes com momentos de deliciosa descontração, por meio de sua melodia alegre e jovial e letra despojada.

Para o momento do bis, a banda reservou gratas surpresas para os fãs, como a introdução à capela de “Let Me Go”, com suave acompanhamento da bateria e inspirada performance vocal, demonstrando toda a técnica e carisma do timbre suave e diferenciado do front man em um excelente momento de total comunicação e sinergia com a platéia, que acompanhou em coro a canção, de maneira entusiasmada.

A fusão entre o jaz das big bands e o pop rock faz de “Kriptonite” uma canção animada, com mensagens positivas na letra e arranjos impecáveis. Nota para a participação do baixo em acordes bem pontuados na finalização.

Além destas canções, sucessos como “When I’m Gone”, ”It’s Not My Time”, “When You’re Young” e “It’s Not Me”, constaram do seleto e bem escolhido
repertório, em uma apresentação em tudo bem sucedida.


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Super Tour de Pet Shop Boys passa por São Paulo
Overload Music Fest 2017
The Vamps em São Paulo
5 Seconds of Summer em São Paulo
In Concert: Roberto Carlos em São Paulo
Information Society na Audio Club - Festa da Toco
Festa Rádio Metropolitana com Skank
Show Lindsey Stirling no CitiBank Hall
Nile em São Paulo
Show do Postmodern Jukebox é recheado de homenagens ao Brasil

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.