Site de música   
Coberturas de shows

“Bailão do Ruivão”: Sucesso de público com lotação esgotada

Compartilhe:


Publicada em 29, Jan, 2012 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


nando-reis-2012.jpg
O Credicard Hall recebeu na noite do dia 28 de fevereiro, para um público de aproximadamente 6.500 pessoas, mais uma apresentação da aclamada turnê de Nando Reis, com abertura da banda Suricato.

Por volta das dez da noite a banda de abertura iniciou sua apresentação com o pop rock dançante “Inseparáveis”, de letra ácida e descontraída, retratando o cotidiano de maneira divertida. Na melodia, elementos extraídos do ska/reggae e ritmos regionais brasileiros fundiram-se num delicioso caldeirão de bem efetuadas inserções.

Em “Por Aí”, o charme foi determinado pela predominância do baixo em contrastante contraponto à bateria, numa composição arrojada e inteligente.

“Diante de Qualquer Nariz” e “Não Precisa Falar” trazem as influências românticas da moderna MPB, em melodias suaves, de letras reflexivas, compondo baladas de apurado gosto estético.

Com inspiração no rockabilly 60`s “Talvez” surge charmosa, com sonoridade em dub e grande destaque para a letra, de intrincada harmonia poética, com abolição de rimas pobres e repetições.

Alem destas canções de seu repertório a banda homenageia Amy Winehouse em “Valerie”, Lulu Santos em “Um Certo Alguém” e The Beatles em “Drive My Car”, realizando uma excelente apresentação de abertura.

Nando Reis
Encerrando a turnê “Bailão do Ruivão”, com estruturas de palco que remetiam às antigas discotèques com vários globos espelhados esparsos pelas gambiarras e iluminação colorida, Nando Reis sobe ao palco pontualmente às 23h00, iniciando a apresentação com grande sucesso de seu último álbum “Sou Dela” com inteligentes conversões determinadas pela bela condução da bateria nos refrões. Inusitada finalização com o sucesso “Freedom”, conhecida canção interpretada por George Michael no início dos anos 90, auxiliou à iniciar a ambientação festeira que ditaria a tônica de todo o decorrer do espetáculo.

Na sequência a clássica “Sua Impossível Chance” e a divertida “O Mundo é Bão, Sebastião” embalou os presentes, relembrando em versão quase fidedigna às originais estes grandes sucessos dos Titãs.

O grande diferencial desta turnê foi determinado pela ousadia de Nando Reis em revisitar grandes clássicos populares da década de 80, imortalizadas na voz de grandes intérpretes, como Wando (“Fogo e Paixão”), Roupa Nova (“Whisky a Go Go”), Dalto (“Muito Estranho”), Tim Maia (“Gostava Tanto de Você”), Zé Ramalho (“Frevo Mulher”) e outros, saindo do convencional rock n`roll/ MPB que permeiam grande parte de suas composições e apresentações, numa descontraída e divertidíssima apresentação, um verdadeiro presente retratando as canções que representaram toda uma geração.

Além destas canções, Nando Reis em um dos momentos mais belos do show, se fez acompanhar de seus filhos Theodoro e Sebastião, respectivamente vocal principal e violão, na execução de “Luz dos Olhos”.

A romântica balada “N”, trouxe inesperado vigor na finalização com elaboradíssimo solo de guitarra, passeando com total segurança por acordes que variaram do rock ao blues. Sensacional!

Outros bons momentos do show ficaram à cargo da execução dos clássicos “Não Vou Me Adaptar”, “Os Cegos do Castelo”, “Marvin” e “Bichos Escrotos”, em uma memorável apresentação.

Nesta edição do “Bailão do Ruivão” até o forró nordestino marcou sua presença, com a atual “Você Não Vale Nada”, esperemos pela próxima edição de uma iniciativa tão inusitada e feliz quanto esta... interessante seria relembrar os hits populares dos anos 70 para uma próxima turnê.... Fica a dica!


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Solid Rock Festival: Apresentações Épicas em São Paulo
Roberto Carlos Só Para Mulheres
Infinite Content: Arcade Fire em São Paulo
The Wailers em São Paulo
Steve Rothery Band em São Paulo
HammerFall faz dos clichês do metal seus trunfos e volta a entregar aos fãs o que da banda se espera
Trinca de Ases - Nando Reis, Gilberto Gil e Gal Costa
Versão Brasileira com Jorge ben Jor e Criolo
R5, entre e fique à vontade!
Apocalyptica mostra porque o álbum ´Plays Metallica by Four Cellos´ é um sucesso

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2017 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.