Site de música   
Coberturas de shows

Cyndi Lauper: New Wave Na Cadência Do Blues

Compartilhe:


Publicada em 24, Feb, 2011 por Marcia Janini

Clique aqui e veja as fotos deste show.


Na última noite de terça-feira, 22de fevereiro, uma das divas do new wave 80`s, Cyndi Lauper apresentou-se no Via Funchal em São Paulo para um público de aproximadamente 4 mil pessoas trazendo versões atualizadas de seus maiores sucessos, com arranjos pautados no blues, soul e R&B, em uma apresentação repleta de jovialidade e descontração, sem abrir mão da precisão técnica.

Cheia de bossa e carisma contagiantes, a cantora iniciou a apresentação com “Just Your Fool”, com infernais teclados na malemolência do ragtime e incríveis modulações de seu potente vocal em agudos contundentes, valorizando ainda mais a bela melodia e letra.

“Shattered Dreams” trouxe mais uma inspirada interpretação, remetendo às divas do soul de meados dos anos 40, explorando magicamente a comunicação com o público ao cantar emu ma plataforma localizada no meio da plateia, onde os fãs puderam ficar pertinho da sapeca intérprete.

A ensolarada versão blues para o hit “She Bop”trouxe melodia próxima aos arranjos originais, com variações preciosas onde os teclados trouxeram um indefectível tom de elegância, aliadas à precisa finalização da bateria, brilhantemente conduzida.

Voltada às sonoridades de inspiração californiana “Early in the Morning” traduziu-se em melodia de andamento ralentado e suave, sem perder o tom de graça e vigor, mostrando atmosferamod e brejeira na conversão ao refrão, intercalando momentos instrumentais belíssimos, onde se pôde apreciar todo o talento dos fantásticos músicos, com especial nota para o baixo na finalização das estrofes, realizando perfeito contraponto à impecável bateria.

“Don`t Cry No More” revelou uma versão gospel linda em todos os detalhes, da métrica ao andamento, em mais uma inspirada interpretação vocal, arrebatadora, repleta de técnica e modulações inusitadas.

O charme latino impresso à “Down Don`t to Bother Me” e “Change of Heart”, remetendo à rumba caribenha trouxe um grande pé na sonoridade baiana da percussionista brasileira, tornando as canções atuais e fluidas. Brilhante dueto entre percussão e bateria aproximou-se deliciosamente da cadência do samba, abrilhantando as excelentes execuções.

Um dos momentos de maior beleza estética do show surgiu no encerramento primoroso de Cyndi para a póetica condução solo de “True Colors” onde além de sua maviosa voz o público foi brindado com a destreza da intérprete no domínio do dulcimer, determinando aura celta e suave à canção.

Além dos sucessos “Time After Time”, “Girls Just Want to Have Fun”, “Goonies` Theme” e “All Thru The Night”, gratas surpresas ainda estavam resguardadas, num resgate ao melhor da sonoridade blues/soul, com versões aos clássicos “Crossroads”, “Rolling and Tumblin” e “Memphis Blues”. Perfeito!


[ << Ant ]    [ << Mais notícias ]    [ Próx >> ]
 

Mais notícias
Maroon 5 - Tour 2020
Shaman Homenageia Andre Matos em São Paulo
Pra Sempre Lulu
Bohemian Rhapsody: Onde o Rock Se Entrelaça ao Erudito
Milton Nascimento - Turnê Clube da Esquina
Humberto Gessinger Turnê 'Não Vejo A Hora' no Unimed Hall
Norah Jones no Espaço das Américas
Dark Dimensions Fest: Accept e W.A.S.P. em Guarulhos
Cause and Effect: Keane em São Paulo
Fogueira em Alto Mar: Ana Carolina em São Paulo

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2020 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.