Site de música   
Show

Gipsy Kings

Dia: 19/10/2018 (Sexta-feira) - Às: 22:00

Compartilhe:


Gipsy-Kings.jpg

Depois de uma longa espera, os GIPSY KINGS liderados por Nicolas Reyes & Tonino Baliardo, se apresentarão no Brasil em Outubro de 2018.

A banda que vendeu mais de 20 milhões de álbuns pelo mundo, continua a celebrar a sua própria e empolgante tradição. Uma tradição que uniu a família Reyes e a família Baliardo e que atraiu fãs famosos como: Picasso, Cocteau, Dali e Chaplin. Tocando nas ruas de Cannes ou no deslumbrante cenário de St. Tropez, os Gipsy Kings quebraram as barreiras da World Music, como um dos raros grupos a escalar as paradas musicais dos EUA e do mundo.

Fundindo o flamenco, a rumba, a salsa e o pop, os Kings prometem colocar todos os brasileiros para dançar em seus shows, fazendo uma grande festa com seus lendários sucessos como: Bamboléo, Djobi Djoba, Volare e outros, logicamente acompanhados por suas inconfundíveis guitarras flamencas.

Mais recentemente, foram destaque nas trilhas sonoras de filmes como: Sing, O Grande Lebowski, Toy Story 3 e Glee, abraçando clássicos ocidentais de Bob Marley, Doobie Brothers e The Eagles, com grande graciosidade e algumas pitadas da cultura caribenha e brasileira.

"A música sempre foi uma paixão", diz o guitarrista Tonino Baliardo. "Mesmo depois de todo esse tempo, depois de todos esses anos de turnê e trabalho. A música nos deu muito. Nós amadurecemos, nos desenvolvemos e tudo tem sido muito bom para nós".

Biografia
Já se passaram vinte e cinco anos, desde que os Gipsy Kings capturaram a imaginação do mundo, com seu álbum de estréia - um disco que se tornou um verdadeiro fenômeno, álbum de ouro e platina em todo o mundo, introduzindo milhões de ouvintes à uma mistura única e irresistível de estilos de flamenco tradicional com pop ocidental e ritmos latinos.

Desde então, a banda vive continuamente em turnê, mantendo a mesma linha de músicos virtuosos e com mais de vinte milhões de álbuns vendidos.

Vinte e cinco anos é uma eternidade na música pop, mas a história dos Gipsy Kings remonta muito mais longe. Uma música que se estende através das gerações, ao som de seus ancestrais, e reflete a história eclética dos ciganos, povo romani espanhol que fugiu da região da Catalunha durante a Guerra Civil Espanhola.

O grupo é, há 25 anos, liderado pelos dois compositores e produtores: Nicolas Reyes e Tonnino Baliardo. O pai de Nicolas, Jose Reyes, formou uma célebre dupla de flamenco com Manitas de Plata. Quando o casal se separou, Reyes se tornou ainda mais popular com sua própria banda, que contava com seus filhos como membros e se chamava Los Reyes.

Quando Reyes faleceu, em 1979, Nicolas e Tonnino começaram a tocar juntos na cidade de Arles, no sul da França. Eles viajaram por todo o país, vasculhando as ruas de Cannes, tocando onde quer que pudessem - casamentos, festas, festivais. Tendo adotado o movimento perpétuo do estilo de vida cigano, eles mudaram o nome da banda para os Gipsy Kings.

"World Music" é muitas vezes uma palavra?sem sentido, um atalho de marketing, mas como um dos primeiros artistas que ajudaram a definir o seu significado, os Gipsy Kings criam músicas que realmente atravessam todas as fronteiras. Seu álbum de estréia de 1987, que passou quarenta semanas nas paradas de álbuns dos EUA, apresentou ao mundo o "Rumba Gitano" - o ritmo rumba da América do Sul, casado com as guitarras de flamenco. O álbum "Bamboleo" tornou-se um enorme sucesso mundial.

Ao longo dos anos, a música dos Reyes incorporou elementos de estilos latinos e cubanos, música árabe, reggae e guitarra de jazz, que lembra o mestre cigano francês Django Reinhardt, com intensa conexão com o tradicional flamenco, mantendo um foco no trabalho fluido de guitarra de Tonino Baliardo e nos poderosos vocais de Nicolas Reyes. Esse amplo mix cultural permitiu que os Gipsy Kings fossem acolhidos onde quer que tocassem - da China ao Brasil, de Nova Orleans à Rússia, da Austrália à África.

A música da banda também permaneceu visível ao longo dos anos, em toda a cultura popular. Eles, recentemente, apresentaram sua versão de "Volare", que foi um sucesso internacional em 1989, em um episódio de Dancing with the Stars. Sua versão do "Hotel California" foi incluída no filme The Big Lebowski e na série da HBO Entourage. O filme de 2010, Toy Story 3, apresentou uma versão do Gipsy Kings do popular tema de Randy Newman, "Você tem um amigo em mim".

Após o lançamento de seu álbum, Pasajero de 2006, os Kings olharam para o caos que dominava a indústria da música do século 21 e optaram por fazer uma pausa em novos projetos, mas eles nunca pararam de escrever material novo e desenvolver canções na estrada. Eles começaram a gravar SAVOR FLAMENCO em 2016, sentindo-se livres para escrever seus próprios arranjos, selecionar os músicos adicionais que queriam e produzir suas próprias músicas pela primeira vez.?

Para a banda, o novo álbum representa um olhar para frente e um olhar para trás. Nicolas Reyes fala sobre "Samba Samba", o single principal do SAVOR FLAMENCO, que "é uma música muito antiga dos nossos primeiros anos - foi escrita para festas, sol, alegria e praias".

Os Gipsy Kings passaram notáveis duas décadas e meia no topo, numa categoria que é toda deles. No entanto, naqueles períodos ocasionais em que não estão em turnê, os membros da banda ainda vivem com suas famílias no sul da França, a área que definiu suas identidades e seu som. Cada vez, eles retornam ao seu enclave isolado e, em seguida, recriam a experiência dos imigrantes que chegam a uma nova terra. Certamente, suas vidas são diferentes das de seus ancestrais, mas algo fundamental ainda permanece; à medida que continuam a viajar pelo mundo, absorvendo novas culturas e estilos, essa mobilidade, curiosidade e adaptação impulsionam sua música para sempre. E tão ativo quanto esse coletivo notável permanece, eles também estão olhando para o que o futuro, a longo prazo, trará para os Reis Ciganos e para os laços familiares que definem o grupo. "Mesmo tendo passado 25 anos, queremos continuar fazendo novas músicas porque é a nossa vida, é quem somos", diz Nicolas Reyes. "Mas acho que haverá um tempo em que passaremos os Reis Ciganos para nossos filhos."



Espaço das Américas
Rua Tagipurú, 795
Barra Funda - São Paulo - SP - BR
www.espacodasamericas.com.br

Ingressos de R$200 a R$450
www.ingressorapido.com.br



[ << Ant ]    [ << Ver mais shows ]    [ Próx >> ]   

Próximos shows
«« Dec 2018 »»
DSTQQSS
4 6
10111213
1617 1920
23242526272829
3031

• 18/12 (Ter) Sandy
• 21/12 (Sex) Bell Marques
• 22/12 (Sáb) Anavitória
• 18/01 (Sex) Watain
• 18/01 (Sex) Petrobras Sinfônica e Nando Reis Regência de Isaac Karabtchevsky
• 20/01 (Dom) Rosa de Saron
• 26/01 (Sáb) Philip H Anselmo & The Illegals
• 26/01 (Sáb) Unknown Mortal Orchestra
• 02/02 (Sáb) Oh My Girl
• 08/02 (Sex) Roupa Nova  

 
 
 
 
 
 Busca
 Siga o Musicão nas redes sociais
Facebook Siga-nos no Twitter Siga-nos no Instagram Siga-nos no Tumblr Google Plus Youtube Pinterest
 Últimas Notícias
 Agenda de shows
Criação de Sites
Serviço
Arquivo de notícias
Equipe do Musicão
Release do site
Política de Privacidade
Contato

© 2006-2018 Musicão - Todos os direitos reservados - Proibida cópia de conteúdo parcial ou integral.